Páginas

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

REALISTA

Trabalhador
Seu Jorge


Está na luta, no corre-corre, no dia-a-dia
Marmita é fria mas se precisa ir trabalhar
Essa rotina em toda firma começa às sete da manhã
Patrão reclama e manda embora quem atrasar

Trabalhador
Trabalhador brasileiro
Dentista, frentista, polícia, bombeiro
Trabalhador brasileiro
Tem gari por aí que é formado engenheiro
Trabalhador brasileiro
Trabalhador

E sem dinheiro vai dar um jeito
Vai pro serviço
É compromisso, vai ter problema se ele faltar
Salário é pouco, não dá pra nada
Desempregado também não dá
E desse jeito a vida segue sem melhorar

Trabalhador
Trabalhador brasileiro
Garçom, garçonete, jurista, pedreiro
Trabalhador brasileiro
Trabalha igual burro e não ganha dinheiro
Trabalhador brasileiro
Trabalhador

AMBAS VERSÕES FANTÁSTICAS!

Vamos Fugir
Gilberto Gil
(ORIGINAL)


Também cantado por Skank(REGRAVAÇÃO)



Vamos fugir!
Deste lugar
Baby!
Vamos fugir
Tô cansado de esperar
Que você me carregue...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde quer que você vá
Que você me carregue...

Pois diga que irá
Irajá, Irajá
Prá onde eu só veja você
Você veja a mim só
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum
Outro lugar qualquer...
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol
Outro lugar ao sul
Céu azul, Céu azul
Onde haja só meu corpo nu
Junto ao seu corpo nu...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde haja um tobogã
Onde a gente escorregue...

Vamos fugir!
Deste lugar
Baby!
Vamos fugir
Tô cansado de esperar
Que você me carregue...

Pois diga que irá
Irajá, Irajá
Prá onde eu só veja você
Você veja a mim só
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum
Outro lugar qualquer...
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol
Outro lugar ao sul
Céu azul, Céu azul
Onde haja só meu corpo nu
Junto ao teu corpo nu...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde haja um tobogã
Onde a gente escorregue...

Tô cansado de esperar
Que você me carregue
Todo dia de manhã
Flores que a gente regue...
Uma banda de maçã
Outra banda de reggae...

Todo dia de manhã
Flores que a gente regue...
oooo ... ooo ..

Uma banda de maçã
Outra banda de reggae...

TENHO OUVIDO...

Canção Noturna
Skank


Misterioso luar de fronteira
Derramando no espinhaço quase um mar
Clareando a aduana
Venezuela, donde estás?
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar

Minha camisa estampada com o rosto de Elvis
A minha guitarra é minha razão Minha sorte anunciada
Misteriosamente a lua sobre nada
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Espalhe por aí boatos de que eu ficarei aqui
Espalhe por aí boatos de que eu ficarei aqui

Vem, mamacita, doida e meiga
Sempre o âmago dos fatos
Minha guerra e as flores do cactos
Poema, cinema, trincheira
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar

Um cego na fronteira, filósofo da zona
Me disse que era um dervixe
Eu disse pra ele, camarada
Acredito em tanta coisa que não vale nada
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Espalhe por aí boatos de que eu ficarei aqui
Espalhe por aí boatos de que eu ficarei aqui

Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Não sei por que nessas esquinas vejo o seu olhar
Velejando, viajando, sol quarando
Meu querer, meu dever, meu devir
E eu aqui a comer poeira
Que o sol deixará
Não sei por que nessas esquinas vejo seu olhar
Não sei por que nessas esquinas vejo seu olhar

Ali
Skank


Ela entrou e eu estava ali
Ou será que fui eu que ali entrei
Sem sequer pedir a menor licença?
Ela de batom caqui
Com os olhos olhava o quê? Eu não sei
Olhos de águas vindas
De outros oceanos

Ela me olhou - Quem?
Quem sabe com ela
Eu teria as tardes
Que sempre me passaram
Como miragens, como invenção!

Se eu não posso ter
Fico imaginando
Eu fico imaginando

Virá com ela que entrega
Virá, sim, assim virá que eu vi
Virá ou ela me espera
Virá, pois ela está ali

Ela amou o que estava ali
Ou será que foi dela o que eu já amei
Como os laços fixos de uma residência?

Ela: Alô!? E eu não reagi
Com os olhos olhava o que eu lembrei
Quando andava indo
Em outra direção

Ela me olhou - Vem!
Quem sabe com ela
Eu veria as tardes
Que sempre me faltaram
Como miragens, como ilusão!

Se eu não posso ver
Fico imaginando
Eu fico imaginando

Virá com ela que entrega
Virá, sim, assim virá que eu vi
Virá ou ela me espera
Virá, pois ela está ali

Ela andou e eu fiquei ali
Ou será que fui eu que dali mudei
Com uns passos mudos
De uma reticência?

Ela me olhou bem
Quem sabe com ela
Eu teria achado
O que sempre me faltava
Cores, colagens, sons, emoção!

Se eu não posso ser
Fico imaginando
Eu fico imaginando

Virá com ela que entrega
Virá, sim, assim virá que eu vi
Virá ou ela me espera
Virá, pois ela está ali

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

PARA SEMPRE,JUNTOS!

Entra e Sai de Amor
Altay Veloso


Baby, a emoção me trouxe aqui
Pra tudo que o seu desejo for capaz
Eu quero a sensação suprema dos mortais
O gozo insano e soberano dos animais

Baby, você me inflama quando diz
Que eu tenho o amor que você sempre quis
Me aperte um pouco mais
Que eu já vou por um triz
Na impressão de enlouquecer
De ser feliz

Baby, eu já não sei viver
Baby, longe de você
Não! Não!
(bis)

O que você quiser de mim
Não peça por favor
Possua enquanto eu tenho
Enquanto eu for
Deixe o espelho refletir
Meu desejo por ti
Num entra e sai de amor

domingo, 26 de fevereiro de 2012

SOU SEU FÃ NÚMERO 1

http://www.youtube.com/user/guilhermearantes?ob=0&feature=results_main


SAUDADE DOS BONS TEMPOS DA MÚSICA

It's Raining Again
Supertramp


Oh, it's raining again
Oh no, my love's at an end
Oh no, it's raining again
And you know it's hard to pretend

Oh no, it's raining again
Too bad I'm losing a friend
Oh no, it's raining again
Oh will my heart ever mend

You're old enough some people say
To read the signs and walk away
It's only time that heals the pain
And makes the sun come out again

It's raining again
Oh no, my love's at an end
Oh no, it's raining again
Too bad I'm losing a friend

C'mon you little fighter
No need to get uptighter
C'mon you little fighter
And get back up again

It's raining again
Oh no, my love's at an end
Oh no, it's raining again
Too bad I'm losing a friend

C'mon you little fighter
No need to get uptighter
C'mon you little fighter
And get back up again
Oh, get back up again
Oh, fill (feel?) your heart again

EMOCIONANTE,INESQUECÍVEL E PROFUNDA

The Final Countdown
Europe


We're leaving together
But still it's farewell
And maybe we'll come back
To earth, who can tell?

I guess there is no one to blame
We're leaving ground (leaving ground)
Will things ever be the same again?

It's the final countdown
The final countdown, oh

We're heading for Venus (Venus) and still we stand tall
'Cause maybe they've seen us (seen us) and welcome us all, yeah
With so many light years to go and things to be found (to be found)
I'm sure that we'll all miss her so

It's the final countdown
The final countdown
The final countdown (final countdown), oh, oh

The final countdown, oh
It's the final countdown
The final countdown
The final countdown (final countdown), oh

It's the final countdown
We're leaving together
The final countdown
We'll all miss her so

It's the final countdown (final countdown), oh
It's the final countdown

ESTAMOS NA TORCIDA POR CARLINHOS BROWN

Em busca do primeiro Oscar BRASILEIRO e BAIANO!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

POR ONDE ANDA ROSA MARIA?


Monday Monday

All the leaves are brown
All the leaves are brown
And the sky is grey
And the sky is grey
Ive been for a walk
Ive been for a walk
On a winters day
On a winters day
Id be safe and warm
Id be safe and warm
If I was in l.a.
If I was in l.a.
California dreamin
California dreamin
On such a winters day

Stopped into a church
I passed along the way
Well, I got down on my knees
Got down on my knees
And I pretend to pray
I pretend to pray
You know the preacher likes the cold
Preacher likes the cold
He knows Im gonna stay
Knows Im gonna stay
California dreamin
California dreamin
On such a winters day

All the leaves are brown
All the leaves are brown
And the sky is grey
And the sky is grey
Ive been for a walk
Ive been for a walk
On a winters day
On a winters day
If I didnt tell her
If I didnt tell her
I could leave today
I could leave today
California dreamin
California dreamin
On such a winters day
California dreaming
On such a winters day
California dreaming
On such a winters day











California Dreamin'

All the leaves are brown
All the leaves are brown
And the sky is grey
And the sky is grey
Ive been for a walk
Ive been for a walk
On a winters day
On a winters day
Id be safe and warm
Id be safe and warm
If I was in l.a.
If I was in l.a.
California dreamin
California dreamin
On such a winters day

Stopped into a church
I passed along the way
Well, I got down on my knees
Got down on my knees
And I pretend to pray
I pretend to pray
You know the preacher likes the cold
Preacher likes the cold
He knows Im gonna stay
Knows Im gonna stay
California dreamin
California dreamin
On such a winters day

All the leaves are brown
All the leaves are brown
And the sky is grey
And the sky is grey
Ive been for a walk
Ive been for a walk
On a winters day
On a winters day
If I didnt tell her
If I didnt tell her
I could leave today
I could leave today
California dreamin
California dreamin
On such a winters day
California dreaming
On such a winters day
California dreaming
On such a winters day

( Sonhando com a California )

Todas as folhas estão marrons
E o céu está cinza
Eu saí para um passeio
Num dia de inverno
Eu estaria segura e tranquila
Se eu estivesse em Los Angeles
Sonhando com a California
Num dia de inverno como esse
Eu resolvi parar e entrar numa igreja
Enquanto eu passava pelo caminho
Então eu me ajoelhei
E finji rezar
Você sabe que o padre gosta de um sermão
Ele sabe que eu vou ficar
Sonhando com a California
Num dia de inverno como esse
( INSTRUMENTAL )
REPETE A PARTE I



Há 2 anos atrás postei sobre isso:

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

LINDA

Evidências
Chitãozinho e Xororó

Quando digo que deixei de te amar
É porque eu te amo
Quando digo que não quero mais você
É porque eu te quero
Eu tenho medo de te dar meu coração
E confessar que eu estou em suas mãos
Mas não posso imaginar o que vai ser de mim
Se eu te perder um dia

Eu me afasto e me defendo de você
Mas depois me entrego
Faço tipo, falo coisas que eu não sou
Mas depois eu nego
Mas a verdade é que eu sou louco por você
E tenho medo de pensar em te perder
Eu preciso aceitar que não dá mais
Pra separar as nossas vidas
E nessa loucura de dizer que não te quero
Vou negando as aparências
Disfarçando as evidências
Mas pra que viver mentindo
Se eu não posso enganar meu coração
Eu sei que te amo

Chega de mentiras de negar o meu desejo
Eu te quero mais que tudo
Eu preciso do seu beijo
Eu entrego a minha vida
Pra você fazer o que quiser de mim
Só quero ouvir você dizer que sim

Diz que é verdade que tem saudade
Que ainda você pensa muito em mim
Diz que é verdade que tem saudade
Que ainda você quer viver pra mim

Eu me afasto e me defendo de você...

CARNAVAL PARA MIM É ISSO!

Vem Meu Amor
Olodum


Quando eu te vejo, paro logo em teu olhar
O meu desejo é que eu possa te beijar
Sentir seu corpo, me abrigar em seu calor
Pois o que eu quero é ganhar o seu amor

E fico assim querendo o seu prazer
Eu não consigo um minuto sem te ver
Tua presença alegrar meu coração
Foi pra você que eu fiz essa canção

Vem, meu amor, me tirar da solidão
Vem, meu amor, me tirar da solidão
Vem para o olodum, vem dançar no Pelô
Vem, meu amor, chega pra cá, me dá a mão (2x)

E fico assim o tempo todo a te esperar
Até que um dia você possa se tocar
E vem correndo me tirar da solidão
E só assim conquistarei seu coração

sábado, 18 de fevereiro de 2012

QUE LINDA!

Adoro Amar Você
Daniel

Tá no meu paladar
Tá no meu olhar, olhando
Seu amor, meu amor
Fica latejando em mim...

Tá no meu coração
Na luz do luar, luando
Fui me entregando
Dessa vez me pegou
Nunca foi tão bom assim...

Quando não tô legal
Se estou mal eu te chamo
Quando me sinto em paz
Eu te amo, te amo
Tô afim de ficar com você
Mais uns 200 anos...

Venha cá me ninar
Vem dizer que me ama
Na vida, na morte
Na dor e na cama
O meu corpo precisa do seu
E a minha alma te chama...

Ah! Eu adoro amar você
Como eu te quero
Eu jamais quis
Você me faz sonhar
Me faz realizar
Me faz crescer
Me faz feliz
O amor que existe
Entre nós dois
É tudo que eu sonhei
Prá mim
É mais do que paixão
É mais do que prazer
Amor que não tem fim!

Quando não tô legal
Se estou mal eu te chamo
Quando me sinto em paz
Eu te amo, te amo
Tô afim de ficar com você
Mais uns 200 anos...

Venha cá me ninar
Vem dizer que me ama
Na vida, na morte
Na dor e na cama
O meu corpo precisa do seu
E a minha alma te chama...

Ah! Eu adoro amar você
Como eu te quero
Eu jamais quis
Você me faz sonhar
Me faz realizar
Me faz crescer
Me faz feliz
O amor que existe
Entre nós dois
É tudo que eu sonhei
Prá mim
É mais do que paixão
É mais do que prazer
Amor que não tem fim!...(2x)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

CARNAVAL DE VERDADE É COM ELE(2)

Chão da Praça
Moraes Moreira

Meu amor, quem ficou
Nesta dança, meu amor
Tem fé na dança.
Nossa dor, meu amor
É quem balança, nossa dor
O chão da praça
Sei que já detonou o som na praça
Sei que já todo pranto rolou
Olhos negros, cruéis tentadores.
Das multidões sem cantor
Olhos negros, cruéis tentadores.
Das multidões sem cantor
Eu era menino, menino
Um beduíno com ouvido de mercador.
Lá no oriente tem gente com olhar de lança na dança do meu amor.
Tem que dançar a dança, que a nossa dor balança o chão da praça
Balança o chão da praça

sábado, 11 de fevereiro de 2012

CARNAVAL DE VERDADE É COM ELE

Lambada De Delícia
Gerônimo



Já é carnaval cidade
acorda pra ver bis

A chuva passou cidade,
o sol vem aí

Brincar de menina, fazendo menino
É mar de verão, é lua de dia, oh cidade louca!!!


Já é carnaval cidade...

ALEGRIA É A BAHIA!

Chame Gente
Moraes Moreira


La laia laia, la laia laia, la laia laia laia laia laia
La laia laia, la laia laia, la laia laia laia laia la
Ah! imagina só que loucura essa mistura
Alegria, alegria é o estado que chamamos Bahia
De Todos os Santos, encantos e Axé, sagrado e profano, o Baiano é carnaval
Do corredor da história, Vitória, Lapinha, Caminho de Areia
Pelas vias, pelas veias, escorre o sangue e o vinho, pelo mangue,Pelourinho
A pé ou de caminhão não pode faltar a fé, o carnaval vai passar
Da Sé ao Campo-Grande somos os Filhos de Gandhi, de Dodô e Osmar
Por isso chame, chame, chame, chame gente
Que a gente se completa enchendo de alegria a praça e o poeta
É um verdadeiro enxame, chame chame gente
Que a gente se completa enchendo de alegria a praça e o poeta
Ah!...a praça e o poeta.

ALEGRIA É A BAHIA!

Chame Gente
Moraes Moreira


La laia laia, la laia laia, la laia laia laia laia laia
La laia laia, la laia laia, la laia laia laia laia la
Ah! imagina só que loucura essa mistura
Alegria, alegria é o estado que chamamos Bahia
De Todos os Santos, encantos e Axé, sagrado e profano, o Baiano é carnaval
Do corredor da história, Vitória, Lapinha, Caminho de Areia
Pelas vias, pelas veias, escorre o sangue e o vinho, pelo mangue,Pelourinho
A pé ou de caminhão não pode faltar a fé, o carnaval vai passar
Da Sé ao Campo-Grande somos os Filhos de Gandhi, de Dodô e Osmar
Por isso chame, chame, chame, chame gente
Que a gente se completa enchendo de alegria a praça e o poeta
É um verdadeiro enxame, chame chame gente
Que a gente se completa enchendo de alegria a praça e o poeta
Ah!...a praça e o poeta.

MODA

Ai Se Eu Te Pego
Michel Teló


Nossa, nossa
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Delícia, delícia
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Sábado na balada
A galera começou a dançar
E passou a menina mais linda
Tomei coragem e comecei a falar

Nossa, nossa
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Delícia, delícia
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Sábado na balada
A galera começou a dançar
E passou a menina mais linda
Tomei coragem e comecei a falar

Nossa, nossa
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

Delícia, delícia
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

ADORÁVEL CANÇÃO

Iris
Goo Goo Dolls


And I'd give up forever to touch you
'Cause I know that you feel me somehow
You're the closest to heaven that I'll ever be
And I don't want to go home right now
And all I can taste is this moment
And all I can breathe is your life
And sooner or later it's over
I just don't want to miss you tonight

And I don't want the world to see me
'Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am

And you can't fight the tears that ain't coming
Or the moment of truth in your lies
When everything feels like the movies
Yeah you bleed just to know you're alive

And I don't want the world to see me
'Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am

And I don't want the world to see me
'Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am
I just want you to know who I am
I just want you to know who I am
I just want you to know who I am

Íris

E eu desistiria da eternidade para te tocar
Pois eu sei que você me sente de alguma maneira
Você é o mais próximo do paraíso que já estarei
E eu não quero ir para casa agora
E tudo que posso sentir é este momento
E tudo que posso respirar é a sua vida
E mais cedo ou mais tarde se acaba
Eu só não quero ficar sem você essa noite

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito para não durar
Eu só quero que você saiba quem sou eu

E você não pode lutar contra as lágrimas que não virão
Ou o momento de verdade em suas mentiras
Quando tudo se parece como nos filmes
É, você sangra apenas para saber que está viva

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito pra não durar
Eu só quero que você saiba quem sou eu

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito pra não durar
Eu só quero que você saiba quem sou eu
Eu só quero que você saiba quem sou eu
Eu só quero que você saiba quem sou eu
Eu só quero que você saiba quem sou eu

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

NESTE INÍCIO DE CASAMENTO ESTOU FELIZ POR...

Tanto Amar
Ney Matogrosso


Amo tanto e de tanto amar acho que ela é bonita.
Tem um olho sempre a boiar e outro que agita.
Tem um olho que não está, meus olhares evita.
E outro olho a me arregalar sua pepita.
A metade do seu olhar está chamando pra luta, aflita.
E metade quer madrugar na bodeguita.
Se os seus olhos eu for cantar, um seu olho me atura
E outro olho vai desmanchar toda a pintura.
Ela pode rodopiar e mudar de figura.
A Paloma do seu mirar vira miúra.
É na soma do seu olhar que eu vou me conhecer inteiro.
Se nasci pra enfrentar o mar ou faroleiro.
Amo tanto e de tanto amar acho que ela acredita.
Tem um olho a pestanejar e outro me fita.
Suas pernas vão me enroscar num balé esquisito.
Seus dois olhos vão se encontrar no infinito.
Amo tanto e de tanto amar em Manágua temos um "chico".
Já pensamos em nos casar em "Puerto" Rico.

QUE VERDADE...

Lanterna Dos Afogados
Os Paralamas do Sucesso


Quando tá escuro
E ninguém te ouve
Quando chega a noite
E você pode chorar

Há uma luz no túnel
Dos desesperados
Há um cais de porto
Pra quem precisa chegar

Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar...ohohoh

Uma noite longa
Pra uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar

E são tantas marcas
Que já fazem parte
Do que eu sou agora
Mas ainda sei me virar

Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar...ohohoh

Uma noite longa
Pra uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar

Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando
Vê se não vai demorar...ohohoh

domingo, 5 de fevereiro de 2012

FORÇA WANDO,VOCÊ É LUZ...

Fogo e Paixão
Wando


Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...(2x)

Me suja de carmim
Me põe na boca o mel
Louca de amor
Me chama de céu
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
E quando sai de mim
Leva meu coração
Eu sou fogo
Você é paixão...

Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...

Me suja de carmim
Me põe na boca o mel
Louca de amor
Me chama de céu
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
E quando sai de mim
Leva meu coração
Você é fogo
Eu sou paixão...

Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...

Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...(2x)

sábado, 4 de fevereiro de 2012

A CANÇÃO VENCEDORA DO FESTIVAL DE 1967

Ponteio
Edu Lobo


Era um, era dois, era cem
Era o mundo chegando e ninguém
Que soubesse que eu sou violeiro
Que me desse o amor ou dinheiro...

Era um, era dois, era cem
Vieram prá me perguntar:
"Ô voce, de onde vai
de onde vem?
Diga logo o que tem
Prá contar"...

Parado no meio do mundo
Senti chegar meu momento
Olhei pro mundo e nem via
Nem sombra, nem sol
Nem vento...

Quem me dera agora
Eu tivesse a viola
Prá cantar...(4x)

Prá cantar!

Era um dia, era claro
Quase meio
Era um canto falado
Sem ponteio
Violência, viola
Violeiro
Era morte redor
Mundo inteiro...

Era um dia, era claro
Quase meio
Tinha um que jurou
Me quebrar
Mas não lembro de dor
Nem receio
Só sabia das ondas do mar...

Jogaram a viola no mundo
Mas fui lá no fundo buscar
Se eu tomo a viola
Ponteio!
Meu canto não posso parar
Não!...

Quem me dera agora
Eu tivesse a viola
Prá cantar, prá cantar
Ponteio!...(4x)

Pontiarrrrrrrr!

Era um, era dois, era cem
Era um dia, era claro
Quase meio
Encerrar meu cantar
Já convém
Prometendo um novo ponteio
Certo dia que sei
Por inteiro
Eu espero não vá demorar
Esse dia estou certo que vem
Digo logo o que vim
Prá buscar
Correndo no meio do mundo
Não deixo a viola de lado
Vou ver o tempo mudado
E um novo lugar prá cantar...

Quem me dera agora
Eu tivesse a viola
Prá cantar
Ponteio!...(4x)

Lá, láia, láia, láia...
Lá, láia, láia, láia...
Lá, láia, láia, láia...

Quem me dera agora
Eu tivesse a viola
Prá cantar
Ponteio!...(4x)

Prá cantar
Pontiaaaaarrr!...(4x)

Quem me dera agora
Eu tivesse a viola
Prá Cantar!