Páginas

domingo, 30 de dezembro de 2012

RAIMUNDÕES!


 Saw You Saying (That You Say That You Saw)

Raimundos

Reconheci... a Madonna ali parada no jardim
Não resisti... fui perguntar o que ela achava de mim
Eu não sei falar inglês
Ela não entende uma palavra em português
I saw you saying that you say that you saw
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on me


Perguntei para o meu pai
O que ela me disse
Ela disse, meu rapaz|
I saw you saying that you say that you saw (I saw you saying)
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on...

The hula hula song make me feel so strong
The hula hula hey goodbye I'm going away
The hula hula song make me feel so strong
The hula hula hey goodbye I'm going away (a há)
Because you put your butt on me (a há)
You know you put your butt on me (a há)
You know you put your butt on me
Shalalala yeah yeah yeah yeah yeah


Composição: Gabriel Thomas / Rodolfo Abrantes 

RAIMUNDÕES!


I Saw You Saying (That You Say That You Saw)

Raimundos

Reconheci... a Madonna ali parada no jardim
Não resisti... fui perguntar o que ela achava de mim
Eu não sei falar inglês
Ela não entende uma palavra em português
I saw you saying that you say that you saw
I saw you saying that you say that you saw (I fell good)
I feel good because you put your butt on me
I feel good because you put your butt on me

ILÊ AIYÊ - O MAIS BELO DOS BELOS



Este carnaval de 2013 tem que ser a festa da mudança,da diferença,da renovação.A Bahia tem que aprender a valorizar suas raízes e deixar de lado esta hipocrisia de dar tanto valor a blocos que outrora proibiam os negros de se associarem.É óbvio que os tempos mudaram mas é inaceitável que blocos afros,índios,afoxés sejam priorizados para o horário noturno e de madrugada com tanta beleza a ser mostrada enquanto os blocos ditos "ricos" desfilam para a mídia e não para o associado nem para o povo que fica cada vez mais segregado tal como um sambódromo em plena via pública.Os turistas já sabem do valor que os blocos da noite e da madrugada tem,nosso povo é que não.E viva a beleza negra do Ilê!
http://www.ileaiye.com.br/

Veja mais em:

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Feliz Ano Novo





 

 
"A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é Natal…
Quando se vê, já terminou o ano…

… Quando se vê não sabemos mais por onde andam nossos amigos…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…

Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casaca dourada e inútil das horas…
Eu seguraria todos os meus amigos, que Já não sei como e onde eles estão e diria: vocês são extremamente importantes para mim.

Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo…
Dessa forma eu digo, não deixe de fazer algo que gosta devido a falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará."
~ Mário Quintana, "O tempo"
//////////






 

REVELAÇÕES - CASO WHITNEY

Qui , 27/12/2012 às 11:31 | Atualizado em: 27/12/2012 às 11:39

Whitney Houston foi assassinada, afirma investigador

Da Redação

 

Cantora foi encontrada morta em banheira no dia 11 de fevereiro de 2012

Um investigador particular chamado Paul Huebl contou à revista "National Enquirer" que, ao contrário da conclusão das investigações feitas em fevereiro deste ano, a cantora Whitney Houston foi assassinada, não vítima de morte acidental em uma banheira. Ele revela que há provas do crime ocorrido no quarto de hotel no qual a cantora estava hospedada, localizado em Beverly Hills, Los Angeles.

Segundo ele, uma câmera gravou a presença de duas pessoas que circulam pelo local e que se misturam com os membros da equipe de Houston. Eles seriam agentes que ligavam a cantora ao traficante, seja levando drogas, seja recebendo o dinheiro do pagamento. E sobre dinheiro, Huebl afirma que Whitney devia cerca de U$1,5 milhão (mais de R$3 milhões) ao chefão do esquema, referente a compras passadas.

Quando a artista foi deixada sozinha em seu quarto, segundo o investigador, esses homens entraram no local e cobraram a tal dívida. Pouco tempo depois, o corpo da cantora estaria na banheira, com o rosto submerso.

"O corpo de Whitney mostra marcas clássicas de autodefesa que foram feitas enquanto ela lutava por sua vida", diz Huebl à publicação.

Resta saber se a polícia reabrirá ou não o caso baseado nas supostas provas do investigador. Whitney Houston morreu no dia 11 de fevereiro, aos 48 anos.

 

Fonte: http://atarde.uol.com.br/chamegente/materias/1475167

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

NOSSA HOMENAGEM A D.CANÔ: DESCANSE EM PAZ.

Reconvexo

Jauperi

Eu sou a chuva que lança a areia do Saara,
Sobre os automóveis de Roma,

Eu sou a sereia que dança,
Destemida Iara,
Água e folha da Amazônia,

Eu sou a sombra da voz da matriarca da Roma Negra,
Você não me pega,
Você nem chega a me ver,
Meu som te cega, careta, quem é você?

Que não sentiu o swing de Henri Salvador,
Que não seguiu o Olodum balançando o Pelô,
E que não riu com a risada de Andy Warhol,
Que não, que não e nem disse que não,

Eu sou um preto sulamericano forte,
Sem brinco de ouro na orelha,
Eu sou a flor da primeira música, mais velha,
A mais nova espada e seu corte,

Eu sou o cheiro dos livros desesperados,
Sou Gitá Gogóia,
Seu olho me olha mas não me pode alcançar,
Não tenho escolha, careta, vou descartar,

Quem não rezou a novena de Dona Canô,
Quem não seguiu o mendigo Joãozinho Beija-Flor,
Quem não amou a elegância sutil de Vovô do Ilê,
Quem não é Recôncavo e nem pode ser Reconvexo.


Composição: Caetano Veloso 

domingo, 16 de dezembro de 2012

Parabens ELLEN O´LERIA. A lição que fica do THE VOICE - Editorial

Embora merecida a conquista,vencer o programa não quer dizer sucesso e mais ainda permanência no mesmo que é a parte mais difícil.É necessária sorte,tambem oportunidade,carisma,boas negociações e estar com as pessoas certas,nas horas certas,nos lugares certos.Num programa em que vários talentos apareceram,podem surgir entre eles novos talentos profissionalizados e consolidados.Há 10 anos atrás tivemos a sorte de ter em nosso meio musical Adelmo Casé entre outros saindo do programa FAMA,eliminado.A vencedora não está na lista de sucessos,não caiu na graça do povo e pode voltar sim ao cenário.Particularmente,uma voz me emocionou muito neste belo programa e necessário para nossa música brasileira e torcerei muito por ela,entre as outras vozes,claro: Mira Callado.
http://www.estadao.com.br/arquivo/arteelazer/2002/not20020708p6178.htm

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

FINAL DOS ANOS 70 INESQUECÍVEL

Baby Come Back

Spending all my nights, all my money going out on the town
Doing anything just to get you off of my mind
But when the morning comes, I'm right back where I started again
Trying to forget you is just a waste of time

Baby come back, any kind of fool could see
There was something in everything about you
Baby come back, you can blame it all on me
I was wrong, and I just can't live without you

All day long, wearing a mask of false bravado
Trying to keep up the smile that hides a tear
But as the sun goes down, I get that empty feeling again
How I wish to God that you were here

Baby come back, any kind of fool could see
There was something in everything about you
Baby come back, you can blame it all on me
I was wrong, and I just can't live without you

Now that I put it all together
Give me the chance to make you see
Have you used up all the love in your heart
Nothing left for me, ain't there nothing left for me

Baby come back, any kind of fool could see
There was something in everything about you
Baby come back, listen, you can blame it all on me
I was wrong, and I just can't live without you

I was wrong, and I just can't live

Baby come back, any kind of fool could see
There was something in everything about you
Baby come back, you can blame it all on me

Amor Volte

Eu passo todas as minhas noites, todo o meu dinheiro vai para fora na cidade
Fazendo qualquer coisa só para tirar você da minha mente
Mas quando a manhã chega eu me encontro novamente onde comecei
Tentar te esquecer é apenas perda de tempo

Amor volte! Qualquer tipo de tolo podia ver
Existia alguma coisa em tudo sobre você
Volte amor! Você pode me culpar por tudo
Eu estava errado e não posso viver sem você

Durante o dia todo uso uma máscara de falso palhaço
Tentando manter o sorriso e esconder as lágrimas
Mas quando o sol se põe vem aquele sentimento vazio novamente
Como eu gostaria, por Deus, que você estivesse aqui

Amor volte! Qualquer tipo de tolo podia ver
Existia alguma coisa em tudo sobre você
Volte amor! Você pode me culpar por tudo
Eu estava errado e não posso viver sem você

Agora que eu juntei tudo
Dê-me a chance de te fazer ver
Será que você gastou todo o amor de seu coração?
Nada restou para mim? Não restou nenhum amor para mim?

Volte amor! Qualquer tipo de tolo podia ver
Existia alguma coisa em tudo sobre você
Volte amor (ouça amor)! Você pode me culpar por tudo
Eu estava errado e não posso viver sem você

Eu estava errado e não posso mais viver

Amor volte! Qualquer tipo de tolo podia ver
Existia alguma coisa em tudo sobre você
Volte amor! Você pode me culpar por tudo


Composição: J.C Crowley/Peter Beckett 
Enviada por édo 
Traduzida por The Mônia

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

ME TRAGA


A paz invadiu o meu coração
De repente, me encheu de paz
Como se o vento de um tufão
Arrancasse meus pés do chão
Onde eu já não me enterro mais

A paz fez um mar da revolução
Invadir meu destino; A paz
Como aquela grande explosão
Uma bomba sobre o Japão
Fez nascer o Japão da paz

Eu pensei em mim
Eu pensei em ti
Eu chorei por nós
Que contradição
Só a guerra faz
Nosso amor em paz

Eu vim
Vim parar na beira do cais
Onde a estrada chegou ao fim
Onde o fim da tarde é lilás
Onde o mar arrebenta em mim
O lamento de tantos "ais"

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

E VIVA O DIA DO SAMBA

Canta Canta, Minha Gente

Martinho da Vila

Canta Canta, minha Gente.
Deixa a tristeza pra lá.
Canta forte, canta alto,
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.

Cantem o samba de roda,
O samba-canção e o samba rasgado.
Cantem o samba de breque,
O samba moderno e o samba quadrado.

Cantem ciranda, o frevo,
O côco, maxixe, baião e xaxado,
Mas não cantem essa moça bonita,
Porque ela está com o marido do lado.

Canta Canta, minha gente.
Deixa a tristeza pra lá.
Canta forte, canta alto,
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Mas a vida vai melhorar.
A vida vai melhorar.

Quem canta seus males espanta
Lá em cima do morro
Ou sambando no asfalto.
Eu canto o samba-enredo,
Um sambinha lento e um partido alto.

Há muito tempo não ouço
O tal do samba sincopado.
Só não dá pra cantar mesmo
É vendo o sol nascer quadrado.

Canta Canta, minha gente.
Deixa a tristeza pra lá.
Canta forte, canta alto,
Que a vida vai melhorar.

Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Mas eu disse: Que vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Ora se vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.
Mas será que vai melhorar?
Que a vida vai melhorar.
Eu já vou é me mandar.
Que a vida vai melhorar.
Que a vida vai melhorar.


Composição: Martinho da Vila 
Enviada por fasanu







NÃO DEIXE O SAMBA MORRER

Maria Rita

Quando eu não puder
Pisar mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem agüentar
Levar meu corpo
Junto com meu samba
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar

Eu vou ficar
No meio do povo, espiando
Minha escola
Perdendo ou ganhando
Mais um carnaval
Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final

Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final

Não deixe o samba morrer
Não deixe o samba acabar
O morro foi feito de samba
De Samba, prá gente sambar...


Composição: Edson Conceição e Aloísio 
Enviada por victormoraes 
Legendado por rozendojuliana

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

ROMANTISMO COM REALISMO E COM PÉS NO CHÃO

In These Arms

You want commitment
Take a look into these eyes
They burn with fire, yeah
Until the end of time
I would do anything
I'd beg, I'd steal, I'd die
To have you in these arms tonight

Baby I want you
Like the roses want the rain
You know I need you
Like a poet needs the pain
I would give anything
My blood my love my life
If you were in these arms tonight

I'd hold you
I'd need you
I'd get down on my knees for you
And make everything alright
If you were in these arms
I'd love you
I'd please you
I'd tell you that I'd never leave you
And love you till the end of time
If you were in these arms tonights

We stared at the sun
And we made a promise
A promise this world would never blind us
These were our words
Our words were our songs
Our songs are our prayers
These prayers keep me strong
And I'd still believe
If you were in these arms

I'd hold you
I'd need you
I'd get down on my knees for you
And make everything alright
If you were in these arms
I'd love you
I'd please you
I'd tell you that I'd never leave you
And love you till the end of time
If you were in these arms tonight

Your clothes are still scattered
All over our room
This old place still smells like
Your cheap perfume
Everything here reminds me of you
And there's nothing I wouldn't do

And these were our words
They keep me strong

I'd hold you
I'd need you
I'd get down on my knees for you
And make everything alright
If you were in these arms
I'd love you
I'd please you
I'd tell you that I'd never leave you
And love you till the end of time
If you were in these arms tonight
If you were in these arms tonight
If you were in these arms tonight
Baby!
Like the roses need the rain
Like the seasons need to change
Like a poet needs the pain
I need you, In these arms tonight

Nestes Braços

Você quer compromisso,
Dê uma olhada nesses olhos,
Eles queimam como fogo, yeah
Até o fim dos tempos.
Eu faria qualquer coisa,
Eu imploraria, eu roubaria, eu morreria
Para ter você nestes braços hoje à noite.

Querida eu quero você como as rosas
Querem a chuva.
Você sabe, eu preciso de você
Como um poeta precisa da dor.
Eu daria qualquer coisa
Meu sangue, meu amor, minha vida
Se você estivesse nestes braços hoje à noite

Eu te seguraria
Eu precisaria de você
Eu ficaria de joelhos por você
E faria tudo ficar bem
Se você estivesse nestes braços.
Eu amaria você,
Eu te agradaria,
Eu te diria que eu nunca te deixaria,
E te amaria até o fim dos tempos
Se você estivesse nestes braços hoje à noite

Nós olhamos para o sol
E nós fizemos uma promessa
Uma promessa que esse mundo nunca nos cegaria
Essas são nossas palavras
Nossas palavras eram nossas músicas
Nossas músicas eram nossas orações
Essas orações me mantém forte
E é o que eu ainda acredito
Se você estivesse nestes braços.

Eu te seguraria
Eu precisaria de você
Eu ficaria de joelhos por você
E faria tudo ficar bem
Se você estivesse nestes braços
Eu amaria você
Eu te agradaria
Eu te diria que eu nunca te deixaria
E te amaria até o fim dos tempos
Se você estivesse nestes braços hoje à noite

Suas roupas ainda estão espalhadas
Por nosso quarto
Esse velho lugar cheira como
Seu perfume barato
Tudo aqui ainda me lembra de você
E não há nada que eu não faria

E essas eram nossas palavras
Elas me mantém forte

Eu te seguraria
Eu precisaria de você
Eu ficaria de joelhos por você
E faria tudo ficar bem
Se você estivesse nestes braços
Eu amaria você
Eu te agradaria
Eu te diria que eu nunca te deixaria
E te amaria até o fim dos tempos
Se você estivesse nestes braços hoje à noite
Se você estivesse nestes braços hoje à noite
Se você estivesse nestes braços hoje à noite
Querida!
Como as rosas precisam da chuva
Como as estações precisam mudar
Como um poeta precisa da dor
Eu preciso de você nestes braços hoje à noite

sábado, 24 de novembro de 2012

A MEU GRANDE AMOR! MÃE,COMPANHEIRA,AMANTE,PARCEIRA,AMIGA,CONFIDENTE...

Maria, Maria

Milton Nascimento

Maria, Maria
É um dom, uma certa magia
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece
Viver e amar
Como outra qualquer
Do planeta

Maria, Maria
É o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que rí
Quando deve chorar
E não vive, apenas aguenta

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria

Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida....

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria...

Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida....

Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê
Hei! Hei! Hei! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê!...

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria...

Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho, sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida

Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê
Hei! Hei! Hei! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Ah! Hei! Ah! Hei! Ah! Hei!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê!
Lá Lá Lá Lerererê Lerererê!...


Composição: Milton Nascimento e Fernando Brant 
Legendado por guta_silva

PASSADO SAUDOSO E DANÇANTE

ELE HOJE:
--

Together Forever

Rick Astley

If there's anything you need
All you have to do is say
You knew you satisfy everything in me
We shouldn't waste a single day

So don't stop me falling
It's destiny calling
A power I just can't deny
It's never changing
Can't you hear me, I'm saying
I want you for the rest of my life

Together forever and never to part
Together forever we two
And don't you know
I would move heaven and earth
To be together forever with you

If they ever get you down
There's always something I can do
Because I wouldn't ever wanna see you frown
I'll always do what's best for you

There ain't no mistaken
It's true love we're making
Something to last for all time
It's never changing
Can't you hear me, I'm saying
I want you for the rest of my life

Together forever and never to part
Together forever we two
And don't you know
I would move heaven and earth
To be together forever with you

So don't stop me falling
It's destiny calling
A power I just can't deny
It's never changing
Can't you hear me, I'm saying
I want you for the rest of my life

Together forever and never to part
Together forever we two
And don't you know
I would move heaven and earth
To be together forever with you

sábado, 17 de novembro de 2012

VAMOS MUDAR ESTE MUNDO!


« esconder original alinhar texto à esquerda texto alinhado à direita

We Don't Need Another Hero

Out of the ruins
Out from the wreckage
Can't make the same mistake this time
We are the children
The last generation
We are the ones they left behind
And I wonder when we are ever gonna change it
Living under the fear 'till nothing else remains

We don't need another hero
We don't need to know the way home

All we want is life beyond, the Thunderdome

Looking for something we can rely on
There's got to be something better out there:
Love and compassion
Their day is coming
All else are castles built in the air

And I wonder when we are ever gonna change it
Living under the fear 'till nothing else remains
All the children say:

We don´t need another hero
We don't need to know the way home

All we want is life beyond, the Thunderdome

So, what do we do with our lives?
We leave only a mark!
Will our story shine like a light?
Or end in the dark?
Give it all or nothing

We don´t need another hero...

Nós Não Precisamos de Um Outro Herói

Fora das ruínas,
No lado de fora dos escombros,
Não podemos cometer o mesmo erro desta vez.
Nós somos as crianças,
A última geração.
Nós somos aqueles que eles abandonaram para trás.
E eu me pergunto, quando nós vamos mudar,
Vivendo sob o medo, até que nada mais reste...

Nós não precisamos de um outro herói,
Nós não precisamos saber o caminho para casa.

Tudo o que queremos é vida além, a cúpula do trovão

Procurando por algo [em que] possamos confiar,
Tem de haver alguma coisa melhor lá fora.
Amor e compaixão,
O dia deles está chegando.
Tudo mais são castelos construídos no ar...

E eu me pergunto, quando nós vamos mudar,
Vivendo sob o medo, até que nada mais reste...
Todas as crianças dizem:

Nós não precisamos de um outro herói,
Nós não precisamos saber o caminho para casa.

Tudo o que queremos é vida além, a cúpula do trovão.

Então, o quê fazemos com nossas vidas?
Nós deixamos somente uma marca.
Nossa estória brilhará como uma luz
Ou terminará no escuro?
Entregue tudo ou nada.

Nós não precisamos de um outro herói...

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A MELHOR CANÇÃO DA HISTÓRIA DO CARNAVAL BAIANO!

Cometa Mambembe

Luiz Caldas

Quando a estrela brilhar na cabeleira
E o galope acordar na beira-mar
Bem-te-vi e a canção na goiabeira
Brisa lua no mato pra cheirar
No cometa da guitarra baiana
Ou nas cor da cauda do pavão
Zanzibar, tuaregues e patufás
Andaluzes de gandhi coração
Tenha fé no azul que está no frevo
Que o azul é a cor... da alegria
Num cavalo mambembe sem relevo
No galope de olinda pra bahia
Tenha fé no azul que está no frevo
Que o azul é a cor... da alegria
Num cavalo mambembe sem relevo
No galope de olinda pra bahia
Quando a estrela brilhar na cabeleira
E o galope acordar na beira-mar
Bem-te-vi e a canção na goiabeira
Brisa lua no mato pra cheirar
No cometa da guitarra baiana
Ou nas cor da cauda do pavão
Zanzibar, tuaregues e patufás
Andaluzes de gandhi coração
Tenha fé no azul que está no frevo
Que o azul é a cor... da alegria
Num cavalo mambembe sem relevo
No galope de olinda pra bahia
Tenha fé no azul que está no frevo
Que o azul é a cor... da alegria
Num cavalo mambembe sem relevo
No galope de olinda pra bahia

Composição: Carlos Moura
Enviada por Douglas

"I LOVE YOUUUUUUUUUUUUU..."


Ebony Eyes

Rick James

Ooh...ooh...ooh...ooh...
Ooh...ooh...ooh...ooh...
Wind in your hair, sun on your skin
You're looking good, girl, all over again
Hey there, Miss Brown
I want you to know I love you
Brown as the sand, you're soft as the shore
You're leaving me hungry, I'm crying for more
Ooh, we, baby, girl, you're such a score
And I want you to know that, you know what, girl
I love you
I bet you didn't know that, girl
You didn't know that
I need you
Right now, baby, right now, baby
And I bet you didn't know that ebony eyes
Ooh...ooh...hoo...ooh...ooh...ooh...ooh...ooh...ooh...
Ooh...hoo...hoo...ooh...hoo...ooh...ooh...
Lips soft and tender, ready to speak
Her voice says, "I love you" {I love you} and it's making me
weak
Hey there, little girl, may I just say I love you
Tell 'em how you feel, Rick
Love is the brown skin girl in my eyes
Think it's time that I told you, don't you realize
You're such a queen, woman, you're such a prize
And I want you to know that, you know what, girl
I love you
And I bet you didn't know that, girl
You didn't know that
I need you
Right now, baby, right now, baby
And I bet you didn't know that ebony eyes
I love you ebony eyes, oh, my
I need you, woman
I need you (Ooh...)
Oh, and I bet you didn't know that ebony eyes
I really love you (Ooh...ooh...), woman, I love you (Love you)
Ebony eyes (Ooh...), oh, my
I wanna say that I need you (Ooh...ooh...ooh...ooh...), honey,
I
need you
And I bet you didn't know that ebony eyes
Ebony eyes (Woo...woo...ooh...woo...hoo...)
Ebony eyes, oh, my (Hoo...)
Ebony eyes (Hoo...hoo...hoo...)
Girl, and I bet you didn't know that ebony eyes
Love you (Love you, love you)
Ebony eyes

ANOS 80...

Mordida de Amor

Composição: Def Leppard
 

Yahoo

Quando faz amor se olha no espelho
Será que você gosta mesmo de mim?
Vai me dizer que era prá sempre
Isso é amor ou uma doce mentira?
Uh, Baby!
Mas quando está só
Se morde de amor
Rolando na cama
E chama o meu nome...
Eu não quero tocar em você, oh baby!
E fazer seu jogo vai me deixar louco
Sei que você pensa o amor é do seu jeito
Coração quebrado e orgulho inteiro
Amar assim jamais dizer adeus
Já não é mais a grande surpresa
Viver assim a se morder de amor
(Refrão)
Amar assim jamais dizer adeus
Já não é mais
Amar assim jamais dizer adeus
Já não é mais a grande surpresa
Viver assim a se morder de amor

Perigo nas redes sociais


 
Como professora de informática e como ser humano consciente, alerto meus alunos e amigos sobre o que eles expõe na internet!
 
Adultos devem sempre supervisionar e orientar as crianças e os jovens sobre o que eles fazem na internet, pois em um segundo o mundo pode conhecer você!
 
Vejam essa reportagem interessante e assustador http://tvbrasil.ebc.com.br/reporterbrasil/video/32069/
 
Forte abraço,
 
Prof. Rosana Ananda
Pedagogia/Psicopedagogia/Educação Tecnológica
Contato: (71) 9973-2154
Blog: http://informatica-psicopedagogia.blogspot.com.br/
 
 

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

TODOS PASSAM POR ISSO


Não vou Chorar

Chiclete Com Banana

Por que será que tem que ser assim
A gente gosta, a gente ama, a gente muda
E o tempo faz verdades nos teus olhos deixa ver
Solidão abusa
Foi tão bonito, tão intenso, tão maravilhoso
Cada segundo
E a vida nos revela cada dia uma nova cena
Um outro mundo
"Cê" chega, me beija
Me olha nos olhos
E me diz então
Valeu! Foi bom, adeus!
Não vou chorar,
Nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou
Foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim (2X)
Guardei as fotografias
Coloquei numa caixa vazia
O que restou do amor
Não vou chorar,
Nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou,
Foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim.
ôôôôô
Porque será que tem que ser assim
A gente gosta, a gente ama, a gente muda
E o tempo faz verdades nos teus olhos deixa ver
Solidão abusa
Foi tão bonito, tão intenso, tão maravilhoso
Cada segundo
E a vida nos revela cada dia uma nova cena
Um outro mundo
"Cê" chega, me beija
Me olha nos olhos
E me diz então
Valeu foi bom, adeus
Não vou chorar,
nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou,
foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim.
Não vou chorar,
nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou,
foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim.
Não vou chorar,
nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou,
foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim.
Não vou chorar,
nem vou me arrepender
Foi eterno enquanto durou,
foi sincero nosso amor
Mas chegou ao fim.

Composição: Beto Garrido / Alexandre Peixe 

MELANCÓLICA


Love Don't Live Here Anymore

Madonna
Chorus:
You abandoned me
Love don't live here anymore
Just a vacancy
Love don't live here anymore

When you lived inside of me
There was nothing I could conceive
That you wouldn't do for me
Trouble seemed so far away
You changed that right away, baby

(chorus)

Love don't live here anymore
Just emptiness and memories
Of what we had before
You went away
Found another place to stay, another home

(chorus)

In the windmills of my eyes
Everyone can see the loneliness inside me
Why'd ya have to go away
Don't you know I miss you so and need your love

(chorus)

DIA DAS CRIANÇAS

Pessoal,
 
Trata-se de uma instituição muito séria e que realmente ajuda crianças em condições de extrema pobreza na Ilha de Itaparica,na Bahia.
 
Ajudem!Por favor! Divulguem tambem!
 
Abraço,
 
Trajano
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Beijos meus amigos e guerreiros da luz,
 
"A minha vida não teria sentido se eu não puder fazer pelo menos o mínimo pelo meu próximo"
 
Prof. Rosana Ananda
Pedagogia/Psicopedagogia/Educação Tecnológica
Contato: (71) 9973-2154
Blog: http://informatica-psicopedagogia.blogspot.com.br/



--

Manoel Trajano
Eng.Especialista em Segurança do Trabalho e Gás Natural
+55-71-9155-0556/8800-7713
e-mail/Gtalk :trajanomanoel@gmail.com
Msn: engmtrajano@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/manoeltrajano
Site: http://stv-engenharia.blogspot.com
Currículo Lattes:http://lattes.cnpq.br/8895443035893319 

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Prazer em conhecer,este sou eu!


Não vim até aqui
Pra desistir agora
Entendo você
Se você quiser ir embora
Não vai ser a primeira vez
Nas últimas 24 horas
Mas eu não vim até aqui
Pra desistir agora

Minhas raízes estão no ar
Minha casa é qualquer lugar
Se depender de mim
Eu vou até o fim
Voando sem instrumentos
Ao sabor do vento
Se depender de mim
Eu vou até o fim

Eu não vim até aqui
Pra desistir agora
Entendo você
Se você quiser
Ir embora
Não vai ser a primeira vez
Em menos de 24 horas

A ilha não se curva
Noite adentro
Vida afora
Toda a vida
O dia inteiro
Não seria exagero
Se depender de mim
Eu vou até o fim

Cada célula
Todo fio de cabelo
Falando assim
Parece exagero
Mas se depender de mim
Eu vou até fim

Não vim até aqui pra desistir agora
Não vim até aqui pra desistir agora