Páginas

domingo, 31 de março de 2013

PALAVRAS


Palavras

Titãs

Palavras não são más 
Palavras não são quentes 
Palavras são iguais 
Sendo diferentes 
Palavras não são frias 
Palavras não são boas 
Os números pra os dias 
E os nomes pra as pessoas 
Palavra eu preciso 
Preciso com urgência 
Palavras que se usem 
em caso de emergência 
Dizer o que se sente 
Cumprir uma sentença 
Palavras que se diz 
Se diz e não se pensa 
Palavras não têm cor 
Palavras não têm culpa 
Palavras de amor 
Pra pedir desculpas 
Palavras doentias 
Páginas rasgadas 
Palavras não se curam 
Certas ou erradas 
Palavras são sombras 
As sombras viram jogos 
Palavras pra brincar 
Brinquedos quebram logo 
Palavras pra esquecer 
Versos que repito 
Palavras pra dizer 
De novo o que foi dito 
Todas as folhas em branco 
Todos os livros fechados 
Tudo com todas as letras 
Nada de novo debaixo do sol

Composição: Marcelo Fromer / Sérgio Britto


Palavras Ao Vento

Cássia Eller

Ando por aí querendo te encontrar
Em cada esquina paro em cada olhar
Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

Que o nosso amor pra sempre viva
Minha dádiva
Quero poder jurar que essa paixão jamais será

Palavras apenas
Palavras pequenas
Palavras

Ando por aí querendo te encontrar
Em cada esquina paro em cada olhar
Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

Que o nosso amor pra sempre viva
Minha dádiva
Quero poder jurar que essa paixão jamais será

Palavras apenas
Palavras pequenas
Palavras, momento

Palavras, palavras
Palavras, palavras
Palavras ao vento

Ando por aí querendo te encontrar
Em cada esquina paro em cada olhar
Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar

Que o nosso amor pra sempre viva
Minha dádiva
Quero poder jurar que essa paixão jamais será

Palavras apenas
Palavras pequenas
Palavras, momento

Palavras, palavras
Palavras, palavras
Palavras ao vento

Palavras apenas
Apenas palavras pequenas
Palavras

Composição: Marisa Monte / Moraes Moreira 

quarta-feira, 20 de março de 2013

ENTREVISTA NO "AGORA É TARDE" - EMILIO SANTIAGO (2012)


http://www.tabonitobrasil.com/agora-e-tarde-danilo-gentili-entrevista-emilio-santiago-27062012/

A MPB E A MUSICA MUNDIAL ESTÃO DE LUTO!

"ME DISSE ADEUS NO ESPELHO COM BATOM..."

 
Saigon
 Composição: Claudio Cartier/Paulo Feital/Carlão ·

Emílio Santiago

Tantas palavras
Meias palavras
Nosso apartamento
Um pedaço de Saigon
Me disse adeus
No espelho com batom

Vai minha estrela
Iluminando
Toda esta cidade
Como um céu
De luz neon

Seu brilho silencia
Todo som
Às vezes
Você anda por aí
Brinca de se entregar
Sonha pra não dormir

E quase sempre
Eu penso em te deixar
E é só você chegar
Pr'eu esquecer de mim

Anoiteceu!
Olho pro céu
E vejo como é bom
Ver as estrelas
Na escuridão
Espero você voltar
Pra Saigon

Tantas palavras
Meias palavras
Nosso apartamento
Um pedaço de Saigon
Me disse adeus
No espelho com batom

Vai minha estrela
Iluminando
Toda esta cidade
Como um céu
De luz neon

Seu brilho silencia
Todo som
Às vezes
Você anda por aí
Brinca de se entregar
Sonha pra não dormir

E quase sempre
Eu penso em te deixar
E é só você chegar
Pra eu esquecer de mim

Anoiteceu!
Olho pro céu
E vejo como é bom
Ver as estrelas
Na escuridão
Espero você voltar
Pra Saigon

O BRASIL FICOU SEM VOZ! ADEUS EMILIO E OBRIGADO POR SUA PASSAGEM ILUMINADA NESTA VIDA TERRENA!

"Anoiteceu!
Olho pro céu
E vejo como é bom
Ver as estrelas
Na escuridão
Espero você voltar
Pra Saigon "

sábado, 16 de março de 2013

[IRMÃOS DE LUZ] ESSE PAPA É POP!

O Papa É Pop

Engenheiros do Hawaii

Todo mundo tá revendo
O que nunca foi visto
Todo mundo tá comprando
Os mais vendidos

É qualquer nota,
Qualquer notícia
Páginas em branco,
Fotos coloridas
Qualquer nova ,
Qualquer notícia
Qualquer coisa
Que se mova
É um alvo

E ninguém tá salvo...

Todo mundo tá relendo
O que nunca foi lido
Tá na caras
Tá na capa da revista

É qualquer nota,
Uma nota preta
Páginas em branco,
Fotos coloridas
Qualquer rota,
A rotatividade
Qualquer coisa
Que se mova
É um alvo
E ninguém tá salvo
Um disparo
Um estouro

O Papa é Pop,
O Papa é Pop!
O Pop não poupa ninguém
O Papa levou um tiro
À queima roupa
O Pop não poupa ninguém
Uma palavra
Na tua camiseta
O planeta na tua cama
Uma palavra escrita a lápis
Eternidades da semana..

Qualquer coisa
Quase nova
Qualquer coisa
Que se mova
É um alvo
E ninguém tá salvo

O Papa é Pop,
O Papa é Pop!
O Pop não poupa ninguém
O Papa levou um tiro
À queima roupa,é...
O Pop não poupa ninguém

Toda catedral é populista
É pop
É macumba prá turista
Mas afinal?
O que é Rock'n'roll?
Os óculos do John
Ou o olhar do Paul?

O Papa é Pop,
O Papa é Pop!
O Pop não poupa ninguém
O Papa levou um tiro
À queima roupa,
O Pop não poupa!
O Pop não poupa!
Ninguém!...


"O que eles têm que nós não temos?" Por Ruth de Aquino, ÉPOCA

Os argentinos têm cinco prêmios Nobel. Os brasileiros, nenhum. Os argentinos têm dois Oscars. Nós, nenhum. Os argentinos têm vários deuses no futebol. Nós também. Sou muito mais Messi que Neymar. Os argentinos têm uma mulher na Presidência. Nós também. Sou mais Dilma que Cristina. Argentinos e brasileiros amam um churrasco ou uma parrillada. A carne deles é muito melhor, mais saborosa e mais macia. Agora, perdemos não só na carne, mas no espírito. Os argentinos têm um papa.

Por ser jesuíta e andar sem batina de metrô e ônibus, por se recusar a receber carro e casa mesmo sendo arcebispo, por trabalhar com carentes, por não discursar em favor da Cúria e não estar associado às contas suspeitas do Banco do Vaticano, sou mais Jorge Mario Bergoglio que Odilo Scherer.

O que mais me conquistou no primeiro papa Francisco, de cara? O sorriso e a concisão ao saudar os fiéis, pedindo a eles sua bênção. Poucas palavras, nenhuma carranca – e o sorriso que ilumina os olhos.

A ascendência conta na personalidade. Bergoglio é um argentino-italiano, enquanto Odilo é um alemão-brasileiro. Na estampa, na postura. Sem entrar no mérito individual, para enfrentar os dilemas da Igreja Católica, os escândalos sexuais e financeiros e a perda de fiéis, falo apenas de uma questão prosaica: simpatia.

Não é pop ter um papa que lê Borges e Dostoiévski e aprendeu a cozinhar com a mãe?

Dom Odilo perdeu também por ser favorito. Como os craques dos gramados, sofreu uma marcação cerrada desde antes do conclave, especialmente dos italianos, que queriam seu conterrâneo no trono, o cardeal Angelo Scola.

Os carrinhos por trás no arcebispo de São Paulo deixaram o arcebispo de Buenos Aires livre na cara do gol. Era o homem certo na hora certa. Faz sentido que o primeiro papa de fora da Europa em 1.272 anos tenha sobrenome italiano, ame ópera e seja torcedor apaixonado de futebol – mais exatamente, do clube portenho San Lorenzo, fundado por um padre.


Leia a íntegra em: http://migre.me/dHJeO



--
Postado por Manoel Trajano - www.twitter.com/manoeltrajano no IRMÃOS DE LUZ em 3/16/2013 01:29:00 PM



--

Manoel Trajano
Eng.Especialista em Segurança do Trabalho e Gás Natural
+55-71-9155-0556/8800-7713
e-mail/Gtalk :trajanomanoel@gmail.com
Msn: engmtrajano@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/manoeltrajano
Site: http://stv-engenharia.blogspot.com
Currículo Lattes:http://lattes.cnpq.br/8895443035893319 

POR ONDE ANDA? SHEENA EASTON (PARTE II)

Queridos Anos 80: SHEENA EASTON (Postagem de 2011)

Queridos Anos 80: SHEENA EASTON (52): Sheena Easton faz hoje 52 anos . O QA80 assinala a data com orgulho, ou não fosse a Sheena uma das suas heroínas preferidas de infância. L...

sexta-feira, 15 de março de 2013

DOMINGUINHOS: QUE DEUS TE ILUMINE E ALIVIE SEU SOFRIMENTO

http://musica.terra.com.br/coma-de-dominguinhos-e-irreversivel-diz-jornal,b3cea4510fd6d310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html
Que tristeza! Será que ele precisaria estar passando por isso?Só Deus Pai para explicar...

 

De Volta Pro Aconchego

Elba Ramalho

Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo
Um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade
Que bom,
Poder tá contigo de novo,
Roçando o teu corpo e beijando você,
Prá mim tu és a estrela mais linda
Seus olhos me prendem, fascinam,
A paz que eu gosto de ter.
É duro, ficar sem você
Vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que eu vou mergulhar
Na felicidade sem fim


Composição: Dominguinhos / Nando Cordel                                             
       
 
 

Eu Só Quero Um Xodó

Dominguinhos

Que falta eu sinto de um bem
Que falta me faz um xodó
Mas como eu não tenho ninguém
Eu levo a vida assim tão só
Eu só quero um amor
Que acabe o meu sofrer
Um xodó prá mim do meu jeito assim
Que alegre o meu viver

sexta-feira, 8 de março de 2013

LQM homenageia A MULHER

FELIZ DIA 08 DE MARÇO E TODOS OS DEMAIS DIAS DO ANO,SEM VIOLÊNCIA E SIM COM MUITO AMOR,TESÃO,DELICADEZA!!

É o que deseja LETRAS QUE MARCAM,o Blog musical!







Delicadeza não quer dizer fraqueza!
Fragilidade não quer dizer vulnerabilidade!
Doçura não quer dizer futilidade!
Seu sexo precisa ser conquistado!
Seu amor,idolatrado!
Acalento e prazer não combinam com agressão e humilhação!

Feliz DIA DE CADA UMA E DE TODAS AS MULHERES deste mundo,em especial a minha esposa,minha mãe e minha irmã!


Manoel Trajano

quarta-feira, 6 de março de 2013

LQM homenageia CHORÃO! Deus acompanhe,irmão!

http://g1.globo.com/sao-paulo/musica/noticia/2013/03/veja-repercussao-da-morte-de-chorao-nas-redes-sociais.html
Uma grande perda da música brasileira.Irreverente,inteligente e talentoso!


"O que importa é você se sentir bem e fazer o bem..."

Tudo O Que Ela Gosta De Escutar

Charlie Brown Jr.

Essa é uma história de amargar
Conheci uma garota meu irmão vou lhe falar

Tudo que ela quer, o pai dela dá
Desde casa em ubatuba ,até ap. no guarujá

Fim de festa olho pra ela, ela sorri pra mim

Me secou a noite inteira
Ela só pode estar afim
Ela tem carro importado e telefone celular
Eu só tenho uma magrela e um ap. no bnh
Eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar.
Eu falo, eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar

O pai dela riu de mim porque o meu carro é popular
E ainda me deu uma notícia de desanimar
"rapaz você não é bom pra minha filha não,
Quem é teu pai? quem é você? o que que você faz? vou investigar você"

Fim de festa olho pra ela, ela sorri pra mim
Me secou a noite inteira
Ela só pode estar afim
Ela tem carro importado e telefone celular
Eu só tenho uma magrela e um ap. no bnh
Eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar
Eu falo, eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar

Eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar
Eu falo, eu falo tudo que ela gosta de escutar
Deve ser por isso que ela vem me procurar


Composição: Guilermo Pelado 


Charlie Brown Jr. - Tudo Mudar

Malhação

Quando eu vi você quase não acreditei
Nem vi você mudar, nem vi você crescer, mas
Nunca te imaginei assim
Quando me aproximei mal sabia o que falar
Nem vi você mudar, nem vi você crescer, mas
Nunca te imaginei assim...

Como pode tudo mudar
Em um segundo, nem pensar
Não vou voltar atrás, agora é assim que vai ser

Difícil acreditar que depois de tanto tempo
Eu iria me ligar em você, não posso acreditar
Quando me aproximei mal sabia o que falar
Nem vi você mudar, nem vi você crescer, mas
Nunca te imaginei assim...

Como pode tudo mudar
Em um segundo, nem pensar
Não vou voltar atrás, agora é assim que vai ser

Tudo Mudar
Tudo Mudar
Tudo Mudar
Tudo Mudar

Estive pensando em me mudar
Sem te deixar pra trás
Resolvi pensar em nós
Vou te levar daqui

Tudo Mudar
Tudo Mudar
Tudo Mudar
Tudo Mudar

Como pode tudo mudar
Em um segundo, nem pensar
Não vou voltar atrás, agora é assim que vai ser.


http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=7qYNvRRzgmk#!