Páginas

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

QUE VENHA O VERÃO!

Uma Noite e Meia
Marina Lima
Composição: Marina Lima / Antônio Cícero
Por: Manoel Andrade/BA



Vem chegando o verão
O calor no coração
Essa magia colorida
São coisas da vida...

Não demora muito agora
Toda de bundinha de fora
Top less na areia
Virando sereia

Essa noite eu quero te ter
Toda se ardendo só pra mim
Essa noite eu quero te ter
Te envolver, te seduzir

Vem chegando o verão
O calor no coração
Essa magia colorida
São coisas da vida

Não demora muito agora
Toda de bundinha de fora
Top less na areia
Virando sereia
Essa noite eu quero te ter
Toda se ardendo só pra mim
Essa noite eu quero te ter
Te envolver, te seduzir

O dia inteiro de prazer
Tudo que quiser, vou te dar
O mundo inteiro aos seus pés
Só prá poder te amar

Roubo as estrelas lá do céu
Numa noite e meia desse sabor
Pego a lua, aposto no mar
Como eu vou te ganhar?

(refrão)
Essa noite eu quero te ter
Toda se ardendo só pra mim
Essa noite eu quero te ter
Te envolver, te seduzir

O dia inteiro de prazer
Tudo que quiser, eu vou te dar
O mundo inteiro aos seus pés
Só prá poder te amar...

Roubo as estrelas lá do céu
Numa noite e meia desse sabor
Pego a lua, aposto no mar
Como eu vou te ganhar?

Essa noite eu quero te ter
Toda se ardendo só pra mim
(quero sim!)
Essa noite eu quero te ter
Te envolver, te seduzir
Oh! oh!

(refrão)

CONOTAÇÃO ESPIRITUAL...

Encontros e Despedidas
Maria Rita
Composição: M. Nascimento E F. Brant
Por: Manoel Andrade/BA


Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço, venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim, chegar e partir

São só dois lados
Da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida
A hora do encontro
É também de despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida

DIVULGAÇÃO DE NOVO TALENTO: SÉFORA FERNANDA








Pessoal,

Gostaria de divulgar através desse espaço como parte das ações do LETRAS QUE MARCAM o trabalho da cantora SÉFORA FERNANDA,cuja composição abaixo de carro-chefe tem na sua autoria nosso amigo ARIVAL NETO,junto com RENATO E OCIMAR SANTAREM.


Próxima Parada
Séfora Fernanda
Composição: Arival Neto / Ocimar Santarém / Renato Santarém


Fecho meus olhos quando me guia a solidão
Vou tateando acordes em busca da canção
Mera ilusão de ter você perto de mim
Se abriu em tantos prantos
Imensa dor sem fim
Luz minha fonte
Um sol que aquece e beija o mar
Se esconde no horizonte ao brilho do luar
Mais uma noite sem o teu amor
Sigo sem rumo por onde vou
Onde será a próxima parada
Em qual estação irei me entregar
Quando voltar
Deserto e madrugada
Luz de viver em toda direção
Deslizam sobre trilhos as nossas emoções
Caminhos e cruzadas traçando corações
Onde chegar quimera do nosso amor
Sigo sem rumo por onde vou
Tentei te entender
Mas não faz sentido,
Tentei te esquecer
E colocar por toda estrada
O que foi sonho e já passou
Onde será a próxima parada
Em qual estação irei me entregar
Quando voltar
Deserto e madrugada
Luz de viver em toda direção

Vejam comentários no Fórum do Programa Raul Gil que ela participou e foi muito bem:
http://www.raulgil.com.br/forum/topico_abre.asp?id_topico=8997&offset=1300
Veja no YOU TUBE:

YouTube - Som na Praça - Séfora Fernanda

domingo, 29 de novembro de 2009

Canto Para o Senegal

Canto Paro Senegal
Composição: Ythamar Tropicália e Valmir Brito
Reflexu's
Por: http://fazendoadiferenca.blogspot.com


Sene Sene Sene Sene Senegal
Sene Sene Sene Sene Senegal
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região

A grandeza do negro, se deu quando houve este grito infinito
E o muçulmanismo que contagiava como religião
Ilê-Ayê traz imensas verdades ao povo Fulani
Senegal faz fronteira com Mauritânia e Mali

Os sere ê ê ê, a tribo primeira que simbolizava
Salum, Gâmbia, Casamance, seus rios a desembocar
Mandigno, Tukuler, Uolof, são os povos negros
E uma das capitais mais lindas hoje se chama Dakar, Ilê

Ilê ê ê ê, Dakar á á, obatalá
Agô iê ê ê ê
Esses são os meus sentimentos do antepassado
Senegal narrado como tema Ilê Ayê

(Refrão)
Sene Sene Sene Sene Senegal
Sene Sene Sene Sene Senegal
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região

ê ahê, ahê ê
á, ia, iê (2x)

Baol reino de lá
Hamba-kali povo de Dakar

Negros ilê-aiyê avançam pelas ruas centrais da cidade
Senegalesas mulheres vaidosas mostrando intensidade
Incorporadas num só movimento frenético do carnaval
Caolak, Rufisque, Zinguichor, são as cidades do Senegal

Ilê-Ayê ê ê... está nos torsos, nas indumentárias africanas
Lingüisticamente o francês na dialética união baiana
Baobás árvore símbolo da nação
dos Deniakes, os Berberes, dinastia da região, Ilê Ayê Senegal...

(Refrão)
Sene Sene Sene Sene Senegal
Sene Sene Sene Sene Senegal
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região
Diz povão Senegal região

ê ahê, ahê ê
á, ia, iê (2x)

Baol reino de lá
Hamba-kali povo de Dakar

LEMBRANÇAS...

Porta Retrato
Edson e Hudson
Composição: TIVAS/Carlos Randall
Por: Glória Mariani-PR/BA



Parecia um sonho
A gente ficar juntos
Andar a pé na chuva
Sem mêdo de amar...

Lembra!
De tudo que vivemos
Das tardes de domingo
Da mágica no olhar...

Aceitar que tudo se perdeu
Amor, não dá
Ouvir meu coração pedindo
Prá você voltar
Vai passando o tempo
E eu não sei
Me controlar
Não dá!
Ficar sem você
Não dá!...

No porta retrato
A gente se abraçando
Momentos que ficaram
Difíceis de esquecer
Ou! Ou!...

Te amo!
Sei que ainda me ama
Bateu saudade, chama
Eu volto prá você...

Aceitar que tudo se perdeu
Amor, não dá
Ouvir meu coração pedindo
Prá você voltar
Vai passando o tempo
E eu não sei
Me controlar
Não dá!
Ficar sem você
Não dá!...(2x)

Ou! Ou!...

Não dá!
Ficar sem você
Não dá! não dá! não dá!
Não dá!
Ficar sem você
Não dá!!...


Anúncios Google
Toques Para Celular

AMOR SERTANEJO

Deixa Eu Te Amar
Edson e Hudson
Composição: (Edson / Flávio)
Por: Glória Mariani/PR-BA



Porque você me olha assim?
Qual o seu medo?
Alguém já te fez sofrer?
Qual o seu medo?
Diz pra mim...

Se por amor
Já veio a sofrer
E agora tem medo
De amar e se envolver
Qual o seu medo?
Diz pra mim...


Sei que palavras não vão adiantar
Se o coração não quer acreditar
Confie em mim, não vai se arrepender
O que eu mais quero é não te ver sofrer...

Amor sincero tenho dentro de mim
Pra te dar, é só você querer e arriscar
Pois não é ilusão,nem tão pouco atração
É mais forte do que pode pensar,
Não sabe o quanto já sofri por amor
Conheço bem essa dor que destrói
E causa insegurança demais;
Pra você superar, tem que uma chance se dar
E não ter medo de se apaixonar...
Deixa eu te amar

Oh Oh, Deixa;
Deixa eu te amar...

Amor sincero tenho dentro de mim
Pra te dar, é só você querer e arriscar
Pois não é ilusão,nem tão pouco atração
É mais forte do que pode pensar,
Não sabe o quanto já sofri por amor
Conheço bem essa dor que destrói
E causa insegurança demais;
Pra você superar, tem que uma chance se dar
E não ter medo de se apaixonar...
Deixa eu te amar.


Deixa eu te amar...(2x)

sábado, 28 de novembro de 2009

OBRIGADO A QUEM ME DESEJOU...

Parabéns! Parabéns!
Carequinha
Composição: Irany de Oliveira, Altamiro Carrilho
Por: Manoel Andrade/BA



Chegou a hora de apagar a velinha
Vamos cantar aquela musiquinha
Parabéns pra você
Parabéns pra você
Pelo seu aniversário

Que deus lhe dê
Muitas venturas e paz
E que os anjos digam amém
Parabéns pra você
Parabéns pra você
Pelo seu aniversário...

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

TWITTER

Pessoal,

Estou agora também no Twitter.

Me sigam em http://twitter.com/manoeltrajano

Abraço,

Trajano

EXISTEM ROUPAS ADEQUADAS PARA OS AMBIENTES,SIM

Com Que Roupa?
Noel Rosa
Composição: Noel Rosa
Por: Manoel Andrade/BA



Agora vou mudar minha conduta, eu vou pra luta
pois eu quero me aprumar
Vou tratar você com a força bru.....ta, pra poder me
reabilitar
Pois esta vida não está sopa e eu pergunto: com que roupa?
Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou?
Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou?
Agora, eu não ando mais fagueiro, pois o dinheiro não
é fácil de ganhar
Mesmo eu sendo um cabra trapacei.....ro, não consigo ter nem pra gastar
Eu já corri de vento em popa, mas agora com que roupa?
Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou?
Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou?
Eu hoje estou pulando como sapo, pra ver se escapo
desta praga de urubu
Já estou coberto de farrapo, eu vou acabar
ficando nu
Meu paletó virou estopa e eu nem sei mais com que roupa
Com que roupa que eu vou pro samba que você me convidou?
Com que roupa que eu vou pro samba que você me
convidou?

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

TEMA DA MINHA PALESTRA NO CEPE*

Onde Deus Possa Me Ouvir
Vander Lee
Composição: Vander Lee
Por: Manoel Andrade/BA



Sabe o que eu queria agora, meu bem...?
Sair chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também
Que me oferecesse um colo ou um ombro
Onde eu desaguasse todo desengano
Mas a vida anda louca
As pessoas andam tristes
Meus amigos são amigos de ninguém.

Sabe o que eu mais quero agora, meu amor?
Morar no interior do meu interior
Pra entender porque se agridem
Se empurram pro abismo
Se debatem, se combatem sem saber

Meu amor...
Deixa eu chorar até cansar
Me leve pra qualquer lugar
Aonde Deus possa me ouvir
Minha dor...
Eu não consigo compreender
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui pode sair.

Adeus...


*CEPE - Centro Espírita Paulo e Estevão
Rua das Ubaranas - Amaralina - Salvador - Bahia - Brasil
DIA 29/12/09 AS 8:00 H

SOBRE O EGO(COM HUMOR)

Egotrip
Blitz
Composição: Antônio Pedro/Evandro Mesquita/Patrícia Travassos/Ricardo Barreto
Por: Manoel Andrade/BA



Um indivíduo alto magro vestindo um terno azul (quem vem lá quem será?)
Desceu de um coletivo às quatro e meia de manhã (olha lá quem será?)
Atravessou a rua assoviando uma canção
Só uma suspeita silhueta na escuridão
Tem um cara na esquina
(O que ele tem na mão?)
Tem um cara na esquina
(Qual será sua intenção?)
Não foi difícil entral no edifício mil e três
Da avenida copacabana bloco cinco posto seis
O porteiro disse que ouviu o vento soprar
E alguma coisa estranha vindo lá do nono andar
Tem um cara na escada
(O que ele tem na mão?)
Tem um cara na escada
(Qual será sua intenção?)
Quem é? (sou eu)
Quem é? (sou eu princesa, o batata)
Batata, a essa hora
Ah! desculpe princesa mas tinha que ser agora
Ai deixa pelo menos eu vestir alguma coisa
Hum! você tá linda
Sabe o que é princesa
Hoje eu encontrei a pessoa que eu procuro (jura)
Bom se isso te satisfaz eu juro eu juro disse que juro (oh!batata)
Uma pessoa que eu quisesse comigo vinte e cinco horas por dia
Uma pessoa que me entendesse que eu pudesse confiar
Oh batatinha eu eu sinto isso também
E essa pessoa princesa (diz diz)
Essa pessoa (diz)
Sou eu!
Eu te amo eu me adoro | bis
Eu não consigo te ver sem mim
Hei! vamos ver o sol nascer ali na praça
Você faz café ou quer que eu faça
Ah! já não sei mais se eu quero que você vá ou que você fique
Nem sei que eu quero aturar sua egotrip porque ...refrão
Ninguém entendeu quando o dia amanheceu
Os dois pelados na praça da bandeira cantando o samba da mangueira
Quando chegaram os camburões
Saíram assoviando o hino da república dos camarões
Eu te amo eu me adoro | bis

terça-feira, 17 de novembro de 2009

PARA VOCÊ QUE AINDA NÃO SABE O QUE É A VIDA

O Mundo é Um Moinho
Cartola
Composição: Cartola
Por: Manoel Andrade/BA


Ainda é cedo, amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
Embora eu saiba que estás resolvida
Em cada esquina cai um pouco a tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és

Ouça-me bem, amor
Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos, tão mesquinho.
Vai reduzir as ilusões a pó

Preste atenção, querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com os teus pés

IMORTAL

Ensaboa
Cartola
Composição: Cartola
Por: Manoel Andrade/BA



Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando
Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando
Tô lavando a minha roupa
Lá em casa estão me chamando Dondon
Ensaboa mulata, ensaboa
Ensaboa
Tô ensaboando

Os fio que é meu, que é meu
E que é dela
Rebenta a goela de tanto chorá
O rio tá seco, o sol não vem não
Vortemos pra casa
Chamando Dondon

SE ENTREGANDO INTENSAMENTE

One More Night
Phil Collins
Composição: Phil Collins
Por: Manoel Andrade/BA


One more night, one more night
I've been trying ooh so long to let you know
Let you know how I feel
And if I stumble if I fall, just help me back
So I can make you see

Please give me one more night, give me one more night
One more night cos I can't wait forever
Give me just one more night, oh just one more night
Oh one more night cos I can't wait forever

I've been sitting here so long
Wasting time, just staring at the phone
And I was wondering should I call you
Then I thought maybe you're not alone

Please give me one more night, give me just one more night
Oh one more night, cos I can't wait forever
Please give me one more night, ooh just one more night
Oh one more night, cos I can't wait forever
Give me one more night, give me just one more night
Ooh one more night, cos I can't wait forever

Like a river to the sea
I will always be with you
And if you sail away
I will follow you

Give me one more night, give me just one more night
Oh one more night, cos I can't wait forever
I know there'll never be a time you'll ever feel the same
And I know it's only words
But if you change your mind you know that I'll be here
And maybe we both can learn

Give me just one more night, give me just one more night
Ooh one more night, cos I can't wait forever
Give me just one more night, give me just one more night
Ooh one more night, cos I can't wait forever

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

INESQUECÍVEL

On My Own
Nikka Costa
Por: Manoel Andrade/BA



Sometimes I wonder
Where I've been
Who I am
Do I fit in
Make belivin'
Is hard alone
Out here on my own

We're always provin'
Who we are
Always reachin'
For that risin' star
To guide me far
And shine me home
Out here on my own

When I'm down
And feelin' blue
I close my eyes
So I can be with you
Oh, baby
Be strong for me
Baby
Belong to me
Help me through
Help me need you

Until the morning
Sun appears
Making light
Of all my fears,
I dry the tears
I've never shown
Out here on my own

When I'm down
And feelin' blue
I close my eyes
So I can be with you
Oh, baby
Be strong for me
Baby
Belong to me
Help me through
Help me need you

Sometimes I wonders
Where I've been
Who I am
Do I fit in
I may not win
But I can be strong
Out here on my own
On my own

sábado, 14 de novembro de 2009

TEMA DE MINHAS FÉRIAS...

Sem Trânsito, Sem Avião
Victor e Leo
Composição: Victor Chaves
Por: Manoel Andrade/BA



Saia desse asfalto e vem
Pra nossa estrada que é de chão
Tem poeira e barro
Tem cavalo e boi
Preste atenção

Você não vai se arrepender
Pois a paisagem, pode crer
É demais
É de babar

Descalço, sem se preocupar
Se solte e venha pro sertão
O céu no chão parece estar
Sem trânsito, sem avião (X2)

DELICADA

Pale Blue Eyes
Marisa Monte
Composição: Lou Reed
Por:Manoel Andrade/BA



Sometimes I feel so happy
Sometimes I feel so sad
Sometimes I feel so happy
But mostly you just make me mad
Baby you just make me mad

Linger on, your pale blue eyes
Linger on, your pale blue eyes

Thought of you as my mountain top
Thought of you as my peak
Thought of you as everything
I've had but couldn't keep
I've had but couldn't keep

Linger on, your pale blue eyes
Linger on, your pale blue eyes

If I could make the world as pure and strange as what I see
I'd put you in the mirror I put in front of me
I put in front of me

Linger on, your pale blue eyes
Linger on, your pale blue eyes

Skip a life completely, stuff it in a cup
She said money is like us in time
It lies but can't stand up
Down for you is up

Linger on, your pale blue eyes
Linger on, your pale blue eyes

It was good what we did yesterday
And I'd do it once again
The fact that you are married
Only proves you're my best friend
But it's truly, truly a sin

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

UM ABRAÇO NEGRO PARA VOCÊ

Preta (Sorriso Negro) (com Daniela Mercury)
Seu Jorge
Por: Manoel Andrade/BA


Eu sou preta
Trago a luz
Que vem da noite
Todos os meus santos
Também podem lhe ajudar

Basta olhar pra mim pra ver
Por que é que a lua brilha
Basta olhar pra mim pra ver
Que eu sou preta da Bahia

Eu tenho a vida no peito
Das cores vivas
No meu sangue
O dendê se misturou
Tenho o fogo do suor
Dos andantes
E a paciência
Do melhor caçador

Eu sou preta
Vou de encontro à alegria
Minha fantasia
É mostrar o que eu sou
Vim de Pirajá
O qual pondo pra Oxalá
Pra mostrar a cor
Do alá de Salvador

Eu sou preta
Mãe da noite
Irmã do dia
Sou do Cortejo
Afro encantador
Filho de Ilê Ayê
Ghandi
Mestre Pastinha meu amor
Vou misturar
O que Deus não misturou

Um abraço negro
Um sorriso negro
Traz. felicidade
Negro sem emprego
Fica sem sossego
Negro
É a raiz da liberdade

Negro é uma cor de respeito
Negro é inspiração
Negro é silêncio, é luto
Negro é a solidão

Negro que já foi escravo
Negro é a voz da verdade
Negro é silêncio é a luta
Negro também é saudade

Começou
Com a tal escravidão
Onde todo o sacrifício
Era nas costas do negão
Hoje tá tudo mudado
E o negro ta ligado
Atrás de um futuro
Melhor considerado
Respeito amor
Dignidade atitude
Trabalho, dinheiro
Cidadania e saúde
E para o nosso país
Integração
E para o nosso povo
Paz e união
Preta

Veja mais sobre a cultura negra em http://africapaz.blogspot.com

UMA PAUSA



Que coisa bela é a Natureza. Ela está a sua disposiçao todo o tempo esperando para conversar com ela. Ela é a maior expressão do divino.Se permita admirá-la,observar seus movimentos,ouví-la através do canto dos pássaros e o som das ondas que batem nas pedras.

Se permita pisar na areia da praia ou na grama do seu jardim,ou da praça ou pelo menos olhar a lua. Já viu o pôr-do-sol hoje?E ontem? Não? Vá amanhã ou depois de amanhã.


Quando falamos em preservar o Meio Ambiente estamos falando em nos preservar,enquanto espécie humana,enquanto animais e mais do que isso,racionais,inteligentes.A Natureza como sendo obra de Deus não é algo a parte,estamos inseridos nela e somos responsáveis por tudo de bom o ruim que pode acontecer.É o fator humano!


Observe as Crianças quando vêem as obras divinas!Na natureza está a doença a e a cura de tudo.Só nos cabe ser merecedores de sua descoberta,pois a nossa psicosfera coletiva é que em direção ao Universo nos dá o que oferecemos,até um certo ponto,porque o Universo é Deus e Ele está sempre a nosso favor.Nós que teimamos em encará-los e fazer as coisas do nosso jeito,egoísta e egocêntrico.


Não somos máquinas,Precisamos de pausas,seja de uma semana,um mês para refazimento da mente,do corpo e claro,do espírito.


Não é necessário a prática de nenhum esporte radical que ponha em risco sua Segurança física,emocional e psicológica. Não é necessário prazer efêmero atrás de baladas e abuso do corpo.Uma boa leitura como alimento da alma,a prece de agradecimento e preparação do porvir.E ah,não esquecer de pedir luz por aqueles que tenham inveja,que são incapazes de perceber que eles também terão o momento deles. É sério,infelizmente ninguém está livre disso não importa se é família,colega,amigos.É do espírito mesmo!


O mundo hoje está vivendo um ritmo muito acelerado,de inquietaçôes,cobranças,resultados,produtividade,máscaras,falta de privacidade e carente de evangelizaçao,de cristianismo,de louvor a Deus,de respeito ao próximo,que o diga no trânsito.Qualquer coisa é motivo de melindre,de agressão.Precisamos reaprender a respirar,a contar até 3,10,100 como fazíamos no esconde-esconde,lembram?


Precisamos de pausas,hoje e sempre.Nossa bençao corporal e mental agradecem!

Foto: Anne - Novembro/2007


QUEM NÃO GOSTA DESTE DIA DA SEMANA? MAS NÃO AO SEDENTARISMO!

Domingo
Titãs
Composição: Toni Bellotto e Sérgio Britto
Por: Manoel Andrade/BA


Não sei o que fazer
Não sei o que fazer
Eu saio por aí
Sem ter aonde ir

Não é sete de setembro
Nem dia de finados
Não é sexta-feira santa
Nem um outro feriado

E antes que eu esqueça aonde estou
Antes que eu esqueça aonde estou
Aonde estou com a cabeça?

Tudo está fechado
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado?

É dia de descanso
Nem precisava tanto
É dia de descanso
Programa Sílvio Santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar

Tudo está fechado
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado?

É dia de descanso
Nem precisava tanto
É dia de descanso
Programa Sílvio santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo


Um dia De Domingo
Gal Costa
Composição: Michael Sullivan e Paulo Massadas
Por: Manoel Andrade/BA


Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito
Prá sentar e conversar
Depois andar
De encontro ao vento...

Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia...

Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
E voltar num sonho lindo...

Já não dá mais prá viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo...

Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo...

Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar
Por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar
A voz do coração...(final 2x)

(Repetir a letra)


Minha Alma (A Paz Que Eu Nao Quero)
O Rappa
Composição: Marcelo Yuka
Por: Manoel Andrade/BA


A minha alma tá armada e apontada
Para cara do sossego!
(Sêgo! Sêgo! Sêgo! Sêgo!)
Pois paz sem voz, paz sem voz
Não é paz, é medo!
(Medo! Medo! Medo! Medo!)

As vezes eu falo com a vida,
As vezes é ela quem diz:

"Qual a paz que eu não quero conservar,
Prá tentar ser feliz?"

As grades do condomínio
São prá trazer proteção
Mas também trazem a dúvida
Se é você que tá nessa prisão

Me abrace e me dê um beijo,
Faça um filho comigo!
Mas não me deixe sentar na poltrona
No dia de domingo, domingo!

Procurando novas drogas de aluguel
Neste vídeo coagido...
É pela paz que eu não quero seguir admitindo

É pela paz que eu não quero seguir
É pela paz que eu não quero seguir
É pela paz que eu não quero seguir admitindo



Domingo a domingo
Banda Calypso
Por: Manoel Andrade/BA



Desejo um beijo
Ai como eu quero passear no céu da sua boca
Seus olhos seu corpo
Se quer pagar pra ver eu juro que te deixo louco
Como beija-flor que rouba o mel da flor
Eu quero roubar o seu coração menino
Meu anjo lindo
Deixa eu te morder vem minha maça
Meu fruto desejado, meu pecado meu afã
Eu quero amar você domingo e domingo
Eu vou mergulhar bem no fundo do azul dos teus olhos
Depois velejar
Sobre as ondas do mar do seu corpo


Desejo um beijo
Ai como eu quero passear no céu da sua boca
Seus olhos seu corpo
Se quer pagar pra ver eu juro que te deixo louca
Como beija-flor que rouba o mel da flor
Eu quero roubar o seu coração menina
Meu anjo lindo
Deixa eu te morder vem minha maça
Meu fruto desejado, meu pecado meu afã
Eu quero amar você domingo e domingo
Eu vou mergulhar bem no fundo do azul dos teus olhos
Depois velejar
Sobre as ondas do mar do seu corpo


Sunday Bloody Sunday
U2
Composição: U2
Por: Manoel Andrade/BA

(Referência ao Domingo Sangrento,episódio trágico em que jovens irlandeses e desarmados morreram executados pelos ingleses que procuravam responsáveis pelo IRA (Irish Republican Army),movimento de libertaçao dos irlandeses do Governo do Reino Unido,que é liderado pela Inglaterra ou Grã-Betanha)

I can't believe the news today
I can't close my eyes and make it go away.
How long, how long must we sing this song?
How long, how long?
'Cos tonight
We can be as one, tonight.

Broken bottles under children's feet
Bodies strewn across the dead-end street.
But I won't heed the battle call
It puts my back up, puts my back up against the wall.

Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.
Oh, let's go.

And the battle's just begun
There's many lost, but tell me who has won?
The trenches dug within our hearts
And mothers, children, brothers, sisters
Torn apart.

Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.

How long, how long must we sing this song?
How long, how long?
'Cause tonight
We can be as one, tonight.
Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.

Wipe the tears from your eyes
Wipe your tears away.
I'll wipe your tears away.
I'll wipe your tears away.
I'll wipe your bloodshot eyes.
Sunday, bloody Sunday.
Sunday, bloody Sunday.

And it's true we are immune
When fact is fiction and TV reality.
And today the millions cry
We eat and drink while tomorrow they die.

The real battle just begun
To claim the victory Jesus won
On...

Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday.

sábado, 7 de novembro de 2009

QUERIA TER VIVIDO ESSA ÉPOCA

Do You Wanna Dance?
Johnny Rivers
Composição: Bobby Freeman
Por: Manoel Andrade/BA



(Chorus 1)
Do you wanna dance and hold my hand ?
Tell me that I’m your man
Baby, do you wanna dance ?

Do you wanna dance under the moonlight ?
Squeeze and kiss me all through the night
Baby, do you wanna dance ?
Do you wanna dance girl and hold my hand ?
Tell me that I’m your man
Baby, do you wanna dance ?
Do you wanna dance under the moonlight ?
Love me girl all through the night
Baby, do you wanna dance ?

(Chorus 2)
Girl now do you do you do you do you wanna dance ?
Do you do you do you do you wanna dance ?
Do you do you wanna dance ?

(Repeat Chorus 1)

Yes, do you wanna dance I mean under the moonlight ?
Squeeze and kiss me all through the night
Baby, do you wanna dance ?

(Repeat Chorus 2)

CAMINHANDO DEVAGAR...

Tocando em Frente
Almir Sater
Composição: Almir Sater e Renato Teixeira
Por: Francisco Cortizo/BA



Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia.
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
e no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

PAZ E AMOR

Dia Branco
Geraldo Azevedo
Composição: Geraldo Azevedo/ Renato Rocha
Por: Francisco Cortizo/BA



Se você vier
Pro que der e vier
Comigo...

Eu lhe prometo o sol
Se hoje o sol sair
Ou a chuva...

Se a chuva cair
Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça
Na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar...

Nesse dia branco
Se branco ele for
Esse tanto
Esse canto de amor
Oh! oh! oh...

Se você quiser e vier
Pro que der e vier
Comigo

Se você vier
Pro que der e vier
Comigo...

Eu lhe prometo o sol
Se hoje o sol sair
Ou a chuva...
Se a chuva cair

Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça
Na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar...

E nesse dia branco
Se branco ele for
Esse canto
Esse tão grande amor
Grande amor...

Se você quiser e vier
Pro que der e vier
Comigo

Comigo, comigo.

SEGUINDO...

Flor de Ir Embora
Fátima Guedes
Composição: Fátima Guedes
Por: Vinicius Factum/BA


Flor de ir embora
É uma flor que se alimenta do que a gente chora
Rompe a terra decidida
Flor do meu desejo de correr o mundo afora
Flor de sentimento
Amadurecendo aos poucos a minha partida
Quando a flor abrir inteira
Muda a minha vida
Esperei o tempo certo
E lá vou eu
E lá vou eu
Flor de ir embora, eu vou
Agora esse mundo é meu

Une Fleur

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

SERÁ?

Porque Eu Sei Que É Amor
Titãs
Composição: Sérgio Britto e Paulo Miklos
Por: Glória Mariani/PR-BA



Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova

Mesmo que você não esteja aqui
O amor está aqui
Agora
Mesmo que você tenha que partir
O amor não há de ir
Embora

Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar
E eu peço somente
O que eu puder dar

Porque eu sei que é amor
Sei que cada palavra importa
Porque eu sei que é amor
Sei que só há uma resposta

Mesmo sem porquê eu te trago aqui
O amor está aqui
Comigo
Mesmo sem porquê eu te levo assim
O amor está em mim
Mais vivo

Porque eu sei que é amor

ARBÍTRIO

Livres Para Escolher
Titãs
Composição: Brito E Belloto
Por: Glória Mariani/PR-BA



Quanto mais olho, menos eu vejo
Quanto mais ando, menos eu chego
Quanto mais falo, menos eu digo
Quanto mais tento, menos eu consigo

Vocês ainda vão se amar
Ainda que tenham que cobrar pra se entregar

Quanto mais peço, menos eu ganho
Quanto mais faço, menos eu acho
Quanto mais quero, menos eu tenho
Quanto mais penso, menos eu entendo

Vocês ainda vão se olhar
Ainda que tenham que chorar pra se enxergar

Livres para escolher, prontos para a indecisão
Livres para arriscar, prontos para a decepção
Nada no bolso ou nas mãos

Quanto mais fujo, menos me escondo
Quanto mais corro, menos alcanço
Quanto mais leio, menos aprendo
Quanto mais durmo, menos eu descanso

Vocês ainda vão se ouvir
Ainda que tenham que gritar pra se escutar

Livres para escolher, prontos para indecisão
Livres para arriscar, prontos para a decepção
Prontos pra contradição

Quanto mais olho - ando, falo,tento
Quanto mais ando, menos eu chego
Quanto mais falo - faço, quero, penso
Quanto mais tento, menos eu consigo

Vocês ainda vão se amar
Ainda que tenham que cobrar pra se entregar

ELA COMEÇA EM CASA E O MUNDO PRECISA DELA...

Paz Pela Paz
Nando Cordel
Composição: Nando Cordel
Por: Francisco Cortizo/BA


A paz do mundo
Começa em mim
Se eu tenho amor,
Com certeza sou feliz
Se eu faço o bem ao meu irmão,
Tenho a grandeza dentro do meu coração
Chegou a hora da gente construir a paz
Ninguém suporta mais o desamor

Paz pela paz - pela criança
Paz pela paz - pela floresta
Paz pela paz - pela coragem de mudar.
Paz pela paz - pela justiça
Paz pela paz - a liberdade
Paz pela paz - pela beleza de te amar.

(repetir a 1ª estrofe)

Paz pela paz - pro mundo novo
Paz pela paz - a esperança
Paz pela paz - pela coragem de mudar.
Paz pela paz - pela justiça
Paz pela paz - a liberdade
Paz pela paz - pela beleza de te amar.

Anúncios Google

AMIZADE

Canção Da América
Milton Nascimento
Composição: Fernando Brant e Milton Nascimento
Por: Francisco Cortizo/BA



Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

ESPERANÇA

Amanhã
Guilherme Arantes
Composição: Guilherme Arantes
Por: Francisco Cortizo/BA



Amanhã!
Será um lindo dia
Da mais louca alegria
Que se possa imaginar
Amanhã!
Redobrada a força
Prá cima que não cessa
Há de vingar
Amanhã!
Mais nenhum mistério
Acima do ilusório
O astro rei vai brilhar
Amanhã!
A luminosidade
Alheia a qualquer vontade
Há de imperar!
Há de imperar!

Amanhã!
Está toda a esperança
Por menor que pareça
Existe e é prá vicejar
Amanhã!
Apesar de hoje
Será a estrada que surge
Prá se trilhar
Amanhã!
Mesmo que uns não queiram
Será de outros que esperam
Ver o dia raiar
Amanhã!
Ódios aplacados
Temores abrandados
Será pleno!
Será pleno!

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

NOSSAS PRECES PARA DINHO DO CAPITAL INICIAL

Fonte da Foto: Leandro/UOL
Família diz que Dinho Ouro Preto passa bem e agradece apoio de fãs
Vocalista sofreu traumatismo craniano após cair em show em MG.
Parentes pedem 'tempo e espaço' para que cantor se recupere.


Do G1, em São Paulo



A família do cantor Dinho Ouro Preto, vocalista da banda Capital Inicial, afirmou na noite deste domingo (1º) que o cantor está bem e agradeceu o carinho dos fãs. Dinho sofreu um traumatismo craniano após cair de uma passarela com cerca de 3 metros de altura na Festa do Pijama, em Patos de Minas (MG), na noite de sábado (31).



O vocalista foi socorrido e levado a um hospital na cidade mineira. Na madrugada deste domingo, ele foi transferido ao Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.



Segundo a assessoria de imprensa do Capital Inicial, Dinho está lúcido e conversa normalmente com médicos, amigos e parentes. De acordo com o Hospital Sírio Libanês, ele está em um quarto e não corre risco de morte.



Em comunicado divulgado por meio da assessoria de imprensa, a banda informa que Dinho passou por exames no centro médico paulistano que revelaram um leve traumatismo no crânio.

“A família e a banda agradecem o apoio dos fãs e pedem o tempo e espaço necessários para que Dinho possa se recuperar e voltar aos palcos o mais rápido possível”, termina a nota.



Veja a íntegra do comunicado:

"Na noite de sábado, 31, Dinho Ouro Preto, vocalista da banda Capital Inicial, caiu de uma passarela, parte integrante do palco onde a banda se apresentava, durante show em Patos de Minas- MG.

Após os primeiros cuidados em hospital local, que diagnosticaram um leve traumatismo craniano, o cantor, lúcido e com estado de saúde estável, foi transferido para São Paulo. Nova bateria de exames realizada confirmou o diagnóstico inicial. Dinho passa bem, permanece estável e sob os cuidados da equipe do Neurologista Milberto Scaff no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

A família e a banda agradecem o apoio dos fãs e pedem o tempo e espaço necessários para que Dinho possa se recuperar e voltar aos palcos o mais rápido possível."


LQM SAÚDA NEGUINHO DO SAMBA - VÁ EM PAZ,IRMÃO


Morre Neguinho do Samba, fundador do Olodum
Da EFE





São Paulo, 2 nov (EFE).- Centenas de pessoas foram hoje, em Salvador, ao velório do músico Antonio Luis Alves de Souza, o Neguinho do Samba, que morreu no sábado por problemas cardíacos e que é considerado o pai do samba-reggae, segundo informou a imprensa local.



Neguinho do Samba morreu no sábado aos 54 anos e seu velório, na Associação Educativa e Cultural Didá, no Pelourinho, contou com a presença de centenas de fãs, amigos e familiares do músico.



O músico dirigiu o Olodum durante a gravação do vídeo clipe "They Don't Care About Us", de Michael Jackson, em 1996, no qual ele aparece regendo os tambores e ajudando o rei do pop quando é abraçado por uma fã.



Neguinho do Samba será enterrado na terça-feira, no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.



Em homenagem ao músico, que morava no Pelourinho, a Secretaria de Cultura de Salvador declarou três dias de luto e suspendeu as atividades culturais no ponto turístico.



Fundador do Olodum e do bloco Didá do carnaval de Salvador, Neguinho do Samba é considerado o "inventor" de um "ritmo único com a cara da Bahia", o samba-reggae.



Em 1990, o músico gravou junto com Paul Simon o álbum "The Rhythm of the Saints". EFE

Veja matéria completa em:

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL1363688-7084,00-MORRE+NEGUINHO+DO+SAMBA+FUNDADOR+DO+OLODUM.html

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1362686-5598,00-MUSICO+BAIANO+QUE+FEZ+ARRANJO+PARA+MICHAEL+JACKSON+MORRE+EM+SALVADOR.html




The Obvious Child
Olodum
Composição: Paul Simon & Olodum

Arranjo: Neguinho do Samba


Well, I'm accustomed to a smooth ride
Or maybe I'm a dog who's lost its bite
I don't expect to be treated like a fool no more
I don't expect to sleep through the night
Some people say a lie's a lie's a lie
But I say why
Why deny the obvious child?
Why deny the obvious child?
And in remembering a road sign
I am remembering a girl when I was young
And we said These songs are true
These days are ours
These tears are free
And hey
The cross is in the ballpark
The cross is in the ballpark
We had a lot of fun
We had a lot of money
We had a little son and we thought we'd call him Sonny
Sonny gets married and moves away
Sonny has a baby and bills to pay
Sonny gets sunnier
Day by day by day by day
Doh, doh, doh, doh
Doh, doh, doh, doh
Well, I've been waking up at sunrise
I've been following the light across my room
I watch the night receive the room of my day
Some people say the sky is just the sky
But I say
Why deny the obvious child?
Why deny the obvious child?
Sonny sits by his window and thinks to himself
How it's strange that some rooms are like cages
Sonny's yearbook from high school
Is down from the shelf
And he id-ly thumbs through the pages
Some have died
Some have fled from themselves
Or struggled from here to get there
Sonny wanders beyond his interior walls
Runs his hand through his thinning brown hair
Well, I'm accustomed to a smooth ride
Or maybe I'm a dog who's lost its bite
I don't expect to be treated like a fool no more
I don't expect to sleep through the night
Some people say a lie's is just a lie
But I say
the cross is in the ballpark
Why deny the obvious child?




They Don't Care About Us
Michael Jackson e Olodum
Composição: Michael Jackson

Arranjo: Neguinho do Samba



Skin head
Dead head
Everybody
Gone bad
Situation
Aggravation
Everybody
Allegation
In the suite
On the news
Everybody
Dog food
Bang bang
Shock dead
Everybody's
Gone mad

All I wanna say is that
They don't really care about us
All I wanna say is that
They don't really care about us

Beat me
Hate me
You can never
Break me
Will me
Thrill me
You can never
Kill me
Judge me
Sue me
Everybody
Do me
Kick me
Kike me
Don't you
Black or white me

All I wanna say is that
They don't really care about us
All I wanna say is that
They don't really care about us

Tell me what has become of my life
I have a wife and two children who love me
I am the victim of police brutality, no
I'm tired of bein' the victim of hate
Your rapin' me of my pride
Oh for God's sake
I look to heaven to fulfill its prophecy
Set me free

Skinhead
Deadhead
Everybody
Gone bad
Trepidation
Speculation
Everybody
Allegation
In the suite
On the news
Everybody
Dog food
Black man
Black mail
Throw the brother
In jail

All I wanna say is that
They don't really care about us
All I wanna say is that
They don't really care about us

Tell me what has become of my rights
Am I invisible 'cause you ignore me
Your proclamation promised me free liberty, no
I'm tired of bein' the victim of shame
They're throwin' me in a class with a bad name
I can't believe this is the land from which I came
You know I really do hate to say it
The government don't wanna see
But if Roosevelt was livin'
He wouldn't let this be, no, no

Skinhead
Deadhead
Everybody
Gone bad
Situation
Speculation
Everybody
Litigation
Beat me
Bash me
You can never
Trash me
Hit me
Kick me
You can never
Get me

All I wanna say is that
They don't really care about us
All I wanna say is that
They don't really care about us

Some things in life they just don't wanna see
But if Martin Luther was livin'
He wouldn't let this be, no, no, no, yeah, yeah, yeah, yeah

Skin head
Dead head
Everybody's
Gone bad
Situation
Segregation
Everybody
Allegation
In the suite
On the news
Everybody
Dog food
Kick me
Kike me
Don't you
Wrong or right me

(They keep me on fire)
All I wanna say is that
They don't really care about us
(They keep me on fire)
All I wanna say is that
They don't really care about us
(I'm there to remind you)
All I wanna say is that
They don't really care about us
All I wanna say is that
They don't really care about
All I wanna say is that
They don't really care about
All I wanna say is that
They don't really care about us

domingo, 1 de novembro de 2009

ACREDITE EM VOCÊ EM SER FELIZ AO LADO DE ALGUÉM

Sem Limites Pra Sonhar
Fábio Jr./Bonnie Tyler
Composição: M.Perez, C.Gomez, R.Giron, C.Rabello
Por: Manoel Andrade/BA


Há uma chance
Da gente se encontrar
Oh! Há!
Há uma ponte prá nós dois
Em algum lugar
Ah! Ah!
Quando homem e mulher
Se tocam num olhar
Não há força que os separe...

Há uma porta que
Um de nós vai ter que abrir
Oh! Há!
Há um beijo que ninguém
Vai impedir
Não vai!
Quando homem e mulher
Se deixam levar
E fácil viver mais...

Há uma estação
Onde o trem tem que parar
Tô na contramão
Te esperando prá voltar
Prá poder seguir
Sem limites prá sonhar
Pois é só assim
Que se pode inventar o amor...

There's a story which is
Waiting for the heart to write
I'm going crazy here
Just wanting you to close
Up the night
When the love in a woman
Finds the love in a man
There's nothing too
Precious to hold it...

The door is open for the first
Time when your heart returns
In the silence of
A kiss we will burn
When the heat in a woman
Finds the heat in a man
The flame burns forever...

There'll come a time, my love
When the searching has to end
I'm on the wrong-way street
I need more than just a friend
And I'm standing here
Just trying to touch the stars
Nothing else to lose when you're
Reaching for the infinite heart...