Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SEM FRONTEIRAS:13 ANOS E MEIO SEM TIM - HOMENAGEM DO LQM

Irreverente,talentosíssimo,gênio musical,especial,exótico e inesquecível. Esse cara é o grande Tim!

Trajano

http://www.vagalume.com.br/news/2011/03/15/13-anos-sem-tim-maia.html




Me Dê Motivo

Tim Maia

-"É, engraçado, ás vezes a gente sente, e fica pensando
Que está sendo amado, que está amando, e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos, e cria um mundo de encanto onde tudo é belo
Até que a mulher que a gente ama, vacila e põe tudo a perder
E põe tudo a perder..."
Mê de motivo, para ir embora
Estou vendo a hora, de te perder

Mê de motivo, vai ser agora
Estou indo embora, o que fazer?
Estou indo embora, não faz sentido
Ficar contigo, melhor assim
E é nessa hora, que o homem chora
A dor é forte, demais pra mim
-"Já que você quis assim, tudo bem
Cada um pro seu lado, a vida é isso mesmo
Eu vou procurar e sei que vou encontrar
Alguém melhor que você, espero que seja feliz
No seu novo caminho, ficar contigo
Não faz sentido, melhor assim"...
Mê de motivo, foi jogo sujo
E agora eu fujo, pra não sofrer
Fui teu amigo, te dei o mundo
Você foi fundo, quis me perder
Agora é tarde, não tem mais jeito
O teu defeito, não tem perdão
Eu vou a luta, que a vida é curta
Não vale a pena, sofrer em vão
Pode crer você pôs tudo a perder
Não podia me fazer o que fez
E por mais que você tente negar, me dê motivo
Podes crer eu vou sair por aí
E mostrar que posso ser bem feliz

Encontrar alguém que saiba me dar
Me dar motivo
Me dar motivo
Tchu! Tchururururu!
Tchu! Tchururururu!
Tchu! Tchururururu!
Tchu! Tchururururu!


Primavera
Tim Maia

Quando o inverno chegar
Eu quero estar junto a ti
Pode o outono voltar
Eu quero estar junto a ti
Porque (é primavera)
Te amo (é primavera)
Te amo, meu amor
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Meu amor...
Hoje o céu está tão lindo (sai chuva)
Hoje o céu está tão lindo (sai chuva)




Um Dia de Domingo
Tim Maia

Eu preciso te falar
Te encontrar
De qualquer jeito
Pra sentar e conversar
Depois andar
De encontro ao vento
Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol
Que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez
Te ver sorrindo
Te encontrar num sonho lindo
Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo
Faz de conta que
Ainda é cedo
Tudo vai ficar
Por conta da emoção
Faz de conta que
Ainda é cedo
E deixar falar a voz
do coração





Não Quero Dinheiro
Tim Maia


Vou pedir prá você ficar
Vou pedir prá você voltar
Eu te amo
Eu te quero bem
Vou pedir prá você me amar
Vou pedir prá você gostar
Eu te amo
Eu te adoro, meu amor
A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar
Te espero para ver se você vem
Não te troco nesta vida por ninguém
Porque eu te amo
Eu te quero bem
Acontece que na vida gente tem
Que ser feliz por ser amado por alguém
Porque eu te amo
Eu te adoro, meu amor
A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar
Vou pedir prá você gostar
Vou pedir prá você me amar
Eu te amo
Eu te adoro, meu amor
A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar

A EVOLUÇÃO DA RELAÇÃO AMOROSA!

Minha Namorada
Vinicius de Moraes

Meu poeta eu hoje estou contente
Todo mundo de repente ficou lindo
Ficou lindo de morrer
Eu hoje estou me rindo
Nem eu mesma sei de que
Porque eu recebi
Uma cartinhazinha de você
Se você quer ser minha namorada
Ai que linda namorada
Você poderia ser
Se quiser ser somente minha
Exatamente essa coisinha
Essa coisa toda minha
Que ninguém mais pode ter
Você tem que me fazer
Um juramento
De só ter um pensamento
Ser só minha até morrer
E também de não perder esse jeitinho
De falar devagarinho
Essas histórias de você
E de repente me fazer muito carinho
E chorar bem de mansinho
Sem ninguém saber porque
E se mais do que minha namorada
Você quer ser minha amada
Minha amada, mas amada pra valer
Aquela amada pelo amor predestinada
Sem a qual a vida é nada
Sem a qual se quer morrer
Você tem que vir comigo
Em meu caminho
E talvez o meu caminho
Seja triste pra você
Os seus olhos tem que ser só dos meus olhos
E os seus braços o meu ninho
No silêncio de depois
E você tem de ser a estrela derradeira
Minha amiga e companheira
No infinito de nós dois



A Noiva
Cauby Peixoto

Branca e radiante
Vai a noiva
Logo a seguir o noivo amado
Quando se unirem os corações
Vão destruir-me as ilusões
Ao pés do altar está chorando
Todos dirão que é de alegria
Dentro, sua alma está gritando
Ave Maria
Chorará também
Ao dizer o sim
E ao beijar a cruz
Pedirá o perdão
E eu sei que esquecer não poderia
Que era eu e não ele a quem queria
Aos pés do altar está chorando
Todos dirão que é de alegria
Dentro, sua alma está gritando
Ave Maria
Ave Maria
Ave Maria


Amada Amante
Roberto Carlos

Esse amor demais antigo
amor demais amigo
que de tanto amor viveu
que manteve acesa a chama
da verdade de quem ama
antes e depois do amor
e você amada amante
faz da vida um instante
ser demais para nós dois
esse amor sem preconceito
sem saber o que é direito
faz a suas próprias leis
que flutua no meu leito
que explode no meu peito
e supera o que já fez
neste mundo desamante
só você amada amante
faz o mundo de nós dois
amada amante

domingo, 25 de setembro de 2011

A BANDA MAIS ESPERADA DO ROCK IN RIO 2011

Scar Tissue
Red Hot Chili Peppers



Scar Tissue
Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic Mister Know-it-All
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Push me up against the wall
Young Kentucky Girl in a push-up bra
Fallin' all over myself
To lick your heart and taste you health 'cause
With the birds I'll share
This lonely view…

Blood loss in a bathroom stall
Southern girl with a scarlet drawl
Wave good-bye to ma and pa 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Soft spoken with a broken jaw
Step outside but not to brawl in
Autumn's sweet we call it fall
I'll make it to the moon if I have to crawl and
With the birds I'll share
This lonely view…

Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic mister know it all
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share

With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Cicatrizes

Cicatrizes que eu gostaria que você visse
Sarcástico senhor sabe-tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Me empurre contra a parede
Garota de Kentucky com sutiã meia-taça
Tudo desaba sobre mim
Vou lamber seu coração e sentir o sabor de sua saúde porque
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Perda de sangue numa cabine de banheiro
Moça do sul com um sotaque típico
Acene um adeus para papai e mamãe porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Fala macia com a mandíbula quebrada
Passe pro lado de fora mas não brigue
Outono é doce, assim chamamos o cair
Eu marcarei isto na lua nem que eu tenha que rastejar e
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária...

Cicatrizes que eu gostaria que você visse
Mestre do sarcasmo, sabe-tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

sábado, 24 de setembro de 2011

TELL ME...

Open Your Eyes
Snow Patrol

All this feels strange and untrue
And I won't waste a minute without you
My bones ache, my skin feels cold
And I'm getting so tired and so old
The anger swells in my guts
And I won't feel these slices and cuts
I want so much to open your eyes
´Cause I need you to look into mine
Tell me that you'll open your eyes [x4]
Get up, get out, get away from these liars
´Cause they don't get your soul or your fire
Take my hand, knot your fingers through mine
And we'll walk from this dark room for the last time
Every minute from this minute now
We can do what we like anywhere
I want so much to open your eyes
´Cause I need you to look into mine
Tell me that you'll open your eyes [x8]
All this feels strange and untrue
And I won't waste a minute without you

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SÓ EMOÇÃO.PURA ENERGIA!


Love Ain't No Stranger
Whitesnake

Who knows where the cold wind blows
I ask my friends, but, nobody knows
Who am I to believe in love
Oh, love ain't no stranger
I looked around an' what did I see
Broken hearted people staring at me
All searching 'cos they still believe
Oh, love ain't no stranger
I was alone an' I needed love
So much I sacrificed all I was dreaming of
I heard no warning, but, a heart can tell
I'd feel the emptiness of love I know so well
Love ain't no stranger
I ain't no stranger
Love ain't no stranger
I ain't no stranger to love, no, no, no
Can't hold the passion of a soul in need
I look for mercy when my heart begins to bleed
I know good loving an' I'm a friend of pain
But, when I read between the lines it's all the same
Love ain't no stranger
I ain't no stranger
Love ain't no stranger
I ain't no stranger to love
So who knows where the cold wind blows
I ask my friends, but, nobody knows
Who am I to believe in love
Lord, have mercy
Love ain't no stranger
I ain't no stranger
I was alone an' I needed love
So much I sacrificed all I was dreaming of
Can't hold the passion of a soul in need
I look for mercy when my heart begins to bleed
Love ain't no stranger
I ain't no stranger
Love ain't no stranger
I ain't no stranger to love
(2x)
Love ain't no stranger
I ain't no stranger

ELE ESTAVA LÁ COM O BARÃO VERMELHO EM 1985


Bete Balanço
Cazuza

Pode seguir a tua estrela
O teu brinquedo de 'star'
Fantasiando um segredo
No ponto a onde quer chegar...
O teu futuro é duvidoso
Eu vejo grana, eu vejo dor
No paraíso perigoso
Que a palma da tua mão mostrou...
Quem vem com tudo não cansa
Bete balança meu amor
Me avise quando for a hora...
Não ligue pr'essas caras tristes
Fingindo que a gente não existe
Sentadas, são tão engraçadas
Dona das suas salas...
Pode seguir a tua estrela
O teu brinquedo de 'star'
Hummm! Fantasiando um segredo
No ponto a onde quer chegar...
O teu futuro é duvidoso
Eu vejo grana, eu vejo dor
No paraíso perigoso
Que a palma da tua mão mostrou...
Quem vem com tudo não cansa
Bete balança o meu amor
Me avise quando for a hora...
Quem tem um sonho não dança
Bete Balanço
Por favor!
Me avise quando for embora...

INESQUECÍVEL - LQM,FREDDIE E ROCK IN RIO - FOREVER


http://www.youtube.com/watch?v=8oioH8A818w

Love Of My Life
Queen

Love of my life, you've hurt me
You've broken my heart, now you leave me.
Love of my life can't you see,
Bring it back bring it back,
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me.
Love of my life don't leave me,
You've taken my love, you now desert me,
Love of my life can't you see,
Bring it back bring it back,
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me.
You will remember
When this is blown over,
And everythings all by the way,
When I grow older,
I will be there at your side,
To remind you how I still love you
I still love you.
Bring it back bring it back
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me
Love of my life
Love of my life
Yeah


sábado, 17 de setembro de 2011

E VOCÊ?

Ela Só Pensa Em Beijar (Se Ela Dança Eu Danço)
Mc Leozinho


Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar!...
Vem viver esse sonho!
Eu te proponho, até suponho,
Vai se apaixonar
Por essa alegria que contagia
A melodia que te faz dançar.
Eu viajei no teu corpo,
Descobri o teu gosto,
Deslizei no teu rosto
Só prá te beijar.
Dê uma chance!
Quem sabe esse lance
Vai virar um romance
E a gente vai namorar?
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço! (2x)

E VOCÊ?

Ela Só Pensa Em Beijar (Se Ela Dança Eu Danço)
Mc Leozinho


Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar!...
Vem viver esse sonho!
Eu te proponho, até suponho,
Vai se apaixonar
Por essa alegria que contagia
A melodia que te faz dançar.
Eu viajei no teu corpo,
Descobri o teu gosto,
Deslizei no teu rosto
Só prá te beijar.
Dê uma chance!
Quem sabe esse lance
Vai virar um romance
E a gente vai namorar?
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço! (2x)

e

Ela Só Pensa Em Beijar (Se Ela Dança Eu Danço)
Mc Leozinho


Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar!...
Vem viver esse sonho!
Eu te proponho, até suponho,
Vai se apaixonar
Por essa alegria que contagia
A melodia que te faz dançar.
Eu viajei no teu corpo,
Descobri o teu gosto,
Deslizei no teu rosto
Só prá te beijar.
Dê uma chance!
Quem sabe esse lance
Vai virar um romance
E a gente vai namorar?
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Falei com o DJ (2x)
Pra fazer diferente,
Botar chapa quente
Pra gente dançar.
Me diz quem é a menina
Que dança e fascina,
Que alucina querendo beijar.
Se ela dança, eu danço!
Balancei no balanço,
Nesse doce encanto
Que me faz cantar.
Que é quando eu te vejo,
Desperta o desejo,
Eu lembro do seu beijo
E não paro de sonhar.
Ela só pensa em beijar,
Beijar, beijar, beijar!
E vem comigo dançar,
Dançar, dançar, dançar! (2x)
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço!
Se ela dança, eu danço! (2x)

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

O INÍCIO...

Se Quiser É Assim
Calcinha Preta

Se você quiser vai ser assim
Iê, iê, iê, iê, iêeeeeee...
Me ame, mas me deixe livre
Quem disse que eu preciso de um amor assim:
Que pega no meu pé, que quer mandar em mim,
Que quer prender as rédias do meu coração,
Que corta minhas asas se eu quiser voar,
Que eu nao tenho tempo, nem de me explicar,
Que morre de ciúmes se eu quiser sair,
Que quer adivinhar até meus pensamentos,
Uôu, uôu, uôu, uôu, uôuuuuuu...
Quem disse que eu preciso de um amor assim:
Eu sou um bicho solto, sou um furacão
Bem longe dos seus olhos, sou um gavião
Eu disse pra você quando me conheceu
Eu nao sou de ninguém e nunca serei seu
Ainda não nasceu mulher pra me amarrar
E me deixar igual a um bobo apaixonado
Uôu, uôu, uôu, uôu, uôuuuuuu...
Se você quiser vai ser assim
Iê, iê, iê, iê, iêeeeeee...
Me ame, mas me deixe livre
Se você quiser o meu amor
Uôu, uôu, uôu, uôu, uôuuuuuu...
Fique, mas não chore, por favor!

HOMENAGEM DO LQM AOS ANOS 60 E A MPB!

Domingo no Parque
Gilberto Gil

O rei da brincadeira
Ê, José!
O rei da confusão
Ê, João!
Um trabalhava na feira
Ê, José!
Outro na construção
Ê, João!...
A semana passada
No fim da semana
João resolveu não brigar
No domingo de tarde
Saiu apressado
E não foi prá Ribeira jogar
Capoeira!
Não foi prá lá
Pra Ribeira, foi namorar...
O José como sempre
No fim da semana
Guardou a barraca e sumiu
Foi fazer no domingo
Um passeio no parque
Lá perto da Boca do Rio...
Foi no parque
Que ele avistou
Juliana
Foi que ele viu
Foi que ele viu Juliana na roda com João
Uma rosa e um sorvete na mão
Juliana seu sonho, uma ilusão
Juliana e o amigo João...
O espinho da rosa feriu Zé
(Feriu Zé!) (Feriu Zé!)
E o sorvete gelou seu coração
O sorvete e a rosa
Ô, José!
A rosa e o sorvete
Ô, José!
Foi dançando no peito
Ô, José!
Do José brincalhão
Ô, José!...
O sorvete e a rosa
Ô, José!
A rosa e o sorvete
Ô, José!
Oi girando na mente
Ô, José!
Do José brincalhão
Ô, José!...
Juliana girando
Oi girando!
Oi, na roda gigante
Oi, girando!
Oi, na roda gigante
Oi, girando!
O amigo João (João)...
O sorvete é morango
É vermelho!
Oi, girando e a rosa
É vermelha!
Oi girando, girando
É vermelha!
Oi, girando, girando...
Olha a faca! (Olha a faca!)
Olha o sangue na mão
Ê, José!
Juliana no chão
Ê, José!
Outro corpo caído
Ê, José!
Seu amigo João
Ê, José!...
Amanhã não tem feira
Ê, José!
Não tem mais construção
Ê, João!
Não tem mais brincadeira
Ê, José!
Não tem mais confusão
Ê, João!...
Êh! Êh! Êh Êh Êh Êh!
Êh! Êh! Êh Êh Êh Êh!
Êh! Êh! Êh Êh Êh Êh!
Êh! Êh! Êh Êh Êh Êh!
Êh! Êh! Êh Êh Êh Êh!...


Alegria, Alegria
Caetano Veloso


Caminhando contra o vento
Sem lenço e sem documento
No sol de quase dezembro
Eu vou...
O sol se reparte em crimes
Espaçonaves, guerrilhas
Em cardinales bonitas
Eu vou...
Em caras de presidentes
Em grandes beijos de amor
Em dentes, pernas, bandeiras
Bomba e Brigitte Bardot...
O sol nas bancas de revista
Me enche de alegria e preguiça
Quem lê tanta notícia
Eu vou...
Por entre fotos e nomes
Os olhos cheios de cores
O peito cheio de amores vãos
Eu vou
Por que não, por que não...
Ela pensa em casamento
E eu nunca mais fui à escola
Sem lenço e sem documento,
Eu vou...
Eu tomo uma coca-cola
Ela pensa em casamento
E uma canção me consola
Eu vou...
Por entre fotos e nomes
Sem livros e sem fuzil
Sem fome, sem telefone
No coração do Brasil...
Ela nem sabe até pensei
Em cantar na televisão
O sol é tão bonito
Eu vou...
Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo, amor
Eu vou...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...


Roda Viva
Chico Buarque

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...
A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...
O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...
No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...(4x)


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

DOSE DUPLA DE REGGAE COM EDSON GOMES!

Liberdade
Edson Gomes

Vamos amigo lute
Vamos amigo lute
Vamos amigo lute uoh oh!
Vamos amigo ajude, se não
A gente acaba perdendo o que já conquistou... ("iêa")
A gente acaba perdendo o que já conquistou ...bis
Vamos levante lute
Vamos lavente ajude
Vamos levante grite
Vamos levante agora
Que a vida não parou
A vida não para aqui
A luta não acabou
E nem acabará
Só quando a liberdade raiaaarrr iêa
Só quando a liberdade raiaaarrr...
Repete intro 2x
Repete 1ª parte 1x
Repete 2ª parte 1x

Liberdade
Liberdade
Teu povo clama lili
Dona lili



Fala Só de Amor
Edson Gomes

Uhhhhhh apapêaaaaa uhhhhhhh
Até mesmo um guerreiro
(Tem o seu momento)
Pra
Falar do seu amor
(Do seu sentimento) (bis)
E agora...
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor!
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
E eu também tenho o meu amor, "né"?
Por mais forte que seja o homem
(Que seja o homem)
Sempre chega o momento
(Sempre chega o)
De
Cair diante de
(Um sentimento)
E agora...
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor!
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
E eu também tenho o meu amor, "né"?
Sei que a água, a água é mole
(E a pedra é dura)
Eu sei que a água, a água é mole
(E a pedra é dura)
Mas, já fala o ditado
(Tanto bate até que fura)
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor!
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
E eu também tenho o meu amor, "né"?
INSTRUMENTAL
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor!
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
E eu também tenho o meu amor, "né"?
Por mais forte que seja o homem
(Que seja o homem)
Sempre chega o momento
(Sempre chega o)
De
Cair diante de
(Um sentimento)
E agora...
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor!
(Fala só de amor)
Todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
E eu também tenho o meu amor, "né"?
Sei que a água, a água é mole
(E a pedra é dura)
Eu sei que a água, a água é mole
(E a pedra é dura)
Mas, já fala o ditado
(Tanto bate até que fura)
(Fala só de amor)
Olha todo mundo tem um amor, yeah!
(Fala só de amor)
Eu também tenho o meu amor, "né"?
(Fala só de amor)
Fala, fala negão!
(Fala só de amor)
Todo o dia o "nêgo" fala!
(Fala só de amor)
Chora, chora negão!
(Chora só de amor)
Todo o dia o "nêgo" chora...
(Chora só de amor)
Fala, fala negão!

JÁ SABE A RESPOSTA?

O Que É, O Que É?
Gonzaguinha

Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...
Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...
Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...
E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...
E a vida
Ela é maravilha
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...
Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo...
Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...
Você diz que é luxo e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...
Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser...
Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...
E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

VEM,VEM,VEM...

Volta Pra Mim
Roupa Nova

Amanheci sozinho
Na cama um vazio
Meu coração que se foi
Sem dizer se voltava depois
Sofrimento meu
Não vou agüentar
Se a mulher
Que eu nasci prá viver
Não me quer mais...
Sempre depois das brigas
Nós nos amamos muito
Dia e noite a sós
O universo era pouco prá nós
O que aconteceu
Prá você partir assim
Se te fiz algo errado
Perdão!
Volta prá mim...
Essa paixão é meu mundo
Um sentimento profundo
Sonho acordado um segundo
Que você vai ligar
O telefone que toca
Eu digo alô sem resposta
Mas não desliga
Escuta o que eu vou te falar...
Eu te amo e vou gritar
Prá todo mundo ouvir
Ter você é meu
Desejo de viver
Sou menino e teu amor
É que me faz crescer
E me entrego, corpo e alma
Prá você...
Sempre depois das brigas
Nós nos amamos muito...
Essa paixão é meu mundo
Um sentimento profundo
Sonho acordado um segundo
Que você vai ligar
O telefone que toca
Eu digo alô sem resposta
Mas não desliga
Escuta o que eu vou te falar...
Eu te amo e vou gritar
Prá todo mundo ouvir
Ter você é meu
Desejo de viver
Sou menino e teu amor
É que me faz crescer
E me entrego, corpo e alma
Prá você...(2x)

VERDADES DA VIDA...

É Isso Aí
Ana Carolina

É isso aí!
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre
É isso aí!
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua
Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar
É isso aí!
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade
É isso aí!
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores
Eu não sei parar de te olhar
Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar
É isso aí!
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade
É isso aí!
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores
Eu não sei parar de te olhar
Eu Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar

SWING PURAMENTE BROWNIANO E BAIANO

Na Ilha Grande
Timbalada

Na ilha grande
O amor reina
Barra do Gil
Passei de prancha
E você não viu }bis
Ponta de Areia
Namorei lá
E tudo ficou
Por conta do acaso
Em Amoreira você me apaixonou
Olhei de Salvador
Te vi sair do mar
Você em bruta cor
Bailando na janela
Olha ela lá, lá, lá
Olha ela lá, lá, lá }bis
Olha ela lá, lá, lá
Olha ela lá, lá, lá
Timbaleira
Vamos pra lareira
Timbaleira }bis
Vamos pra lareira
Timbaleira
Vamos pra lareira

DO BÃO E DO MIÓ!

Forró de Cabo a Rabo
Luíz Gonzaga

Eu fui dançar um forró, lá na casa do Zé Nabo
Nunca ví forró tão bom, nessa noite quase me acabo
Tinha um mundão de mulé, Sanfoneiro como o diabo
O forró tava gostoso, era forró de cabo a rabo
Vixi como eu tô feliz, olha só como eu tô pago
Nunca mais eu vô perder o forrozão lá do Zé Nabo
Vixi como eu tô feliz, olha só como eu tô pago
Nunca mais eu vô perder o forrozão lá do Zé Nabo (2X)
Era poeira subindo, era aquele poeirão
E os cabra não deixava o Zé aguar o chão
Ele chamou um soldado, e o soldado chamou um cabo
E o forró continuou, e foi forró de cabo a rabo
Vige como eu tô feliz, olha só como eu tô pago
Nunca mais eu vô perder o forrozão lá do Zé Nabo
Vige como eu tô feliz, olha só como eu tô pago
Aquilo é que é forró é forró de cabo a rabo
Vixi como tem mulher, maestro disse que o caboco tá com a cabaça cheia de mé, é forró de cabo a rabo minha gente

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

SUPERE OS PROBLEMAS E SEJA FELIZ

Volta Por Cima
Jorge Aragão

Chorei
Não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava
Um homem de moral
Não fica no chão
Nem quer que mulher
Lhe venha dar a mão
Reconhece a queda
E não desanima
Levanta, sacode a poeira
E dá a volta por cima

domingo, 4 de setembro de 2011

FUI!

Hora da Partida
Terra Samba

(Só no batuque)
Está chegando a hora
É hora de partir
Me dá uma dor no peito
Ter que ir embora e te deixar aqui
Mas eu já resolvi
sozinho eu não vou
Pois eu só vou embora
Se comigo você for
Mas eu já resolvi
sozinho eu não vou
Pois eu só vou embora
Se comigo você for, e lá vou eu
Lá vou eu, meu amor
Mas não vou só
Se a terra é pra plantar
O samba é pra sambar
O embalo desse som vai nos levar, me leva,
E lá vou eu
Lá vou eu, meu amor
Mas não vou só
Se a terra é pra plantar
O samba é pra sambar
O embalo desse som vai nos levar, me leva,
Leva, leva, leva, leva eu
Leva, leva, leva pra bailar
Ô, ô, ô
Leva, leva pelo amor de Deus
Eu quero a paz na terra e no samba
Está chegando a hora
É hora de partir
Me dá uma dor no peito
Ter que ir embora e te deixar aqui
Mas eu já resolvi
sozinho eu não vou
Pois eu só vou embora
Se comigo você for
Mas eu já resolvi
sozinho eu não vou
Pois eu só vou embora
Se comigo você for, e lá vou eu
Lá vou eu, meu amor
Mas não vou só
Se a terra é pra plantar
O samba é pra sambar
O embalo desse som vai nos levar, me leva,
Leva, leva, leva, leva eu
Leva, leva, leva pra bailar
Ô, ô, ô
Leva, leva pelo amor de Deus
Eu quero a paz na terra e no samba
Eu quero a paz na terra e no samba

LQM HOMENAGEIA RITCHIE

Fonte: http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1161377-9798,00-POR+ONDE+ANDA+RITCHIE.html



Por onde anda Ritchie?

Há quase 40 anos no Brasil, cantor relembra fase áurea e filme com Mick Jagger

Barbara DufflesDo EGO, em São Paulo

Tamanho da letra

Ampliar FotoReprodução /Reprodução

O cantor Ritchie, atualmente

Com quase 37 anos de Brasil, que serão completados em setembro de 2009, o cantor Ritchie já se considera brasileiro. Mas ainda mantém alguns hábitos que o ligam à terra natal, em Kent, Sul da Inglaterra. "Digamos que eu acordo inglês e vou me abrasileirando ao longo do dia (risos)", diz o cantor, ainda adepto do chá earl grey (típico chá inglês) toda manhã, ou das torradas com marmite (pasta feita de extrato de levedura).

. Veja fotos da carreira de Ritchie

A justificativa do cantor vem através de um ditado britânico: "You can take an english man out of England, but can't take England out of an english man" (Você consegue tirar um inglês da Inglaterra, mas não consegue tirar a Inglaterra de um inglês).

Vinda ao Brasil impulsionada pelos Mutantes

Mas, tirando estes pequenos detalhes gastronômicos, Ritchie tem mais tempo de Brasil do que de Inglaterra. Desde que chegou ao país, aos 20 anos, ele já foi hippie, new wave, cantou rock progressivo, casou-se com uma carioca e virou ídolo do pop nacional nos anos 80.

Tudo começou em 1972, quando conheceu, em Londres, os brasileiros Lucinha Turnbull, Sandra Werneck, Rita Lee e Liminha, estes dois últimos integrantes dos Mutantes. "Música e amizade me levaram ao Brasil. Logo que cheguei, fui ao Maracanãzinho ver o ensaio dos Mutantes e do Raul Seixas, no Festival Internacional da Canção. Fiquei impressionado".

Ampliar FotoReprodução /Reprodução

Londres: Ritchie com Rita Lee, Sandra Wenerck e Lucinha Turnbull

Já morando no Brasil, junto com a esposa carioca Leda (que também conheceu em Londres), Ritchie formou a Vímana, banda de "rock-jazz-pop-samba-funk-progressivo", com músicos como Lulu Santos e Lobão. "Eu tinha formação clássica, então procurava no rock uma sonoridade que fosse para esse lado. Mas um dia ouvi Sex Pistols e fiquei encantado com o punk, com o 'faça você mesmo'. Foi um processo de evolução para o simples, que aperfeiçoei nos anos 80".

Graças a este "simples" que a carreira de Ritchie despontou e tomou dimensões que ele nunca imaginaria. Entre aulas de inglês que dava para artistas como Gal Costa e Liminha, "Menina Veneno" nasceu e virou sucesso. Seu primeiro disco solo, "Vôo de coração", alcançou em 1984 a marca de 1 milhão de cópias vendidas, feito conseguido até então por Roberto Carlos.

. Veja Ritchie cantando "Menina Veneno" no Estação Globo

Mais famoso que Mick Jagger

Transformado em ídolo pop, Ritchie viveu intensamente a época. "Usei e abusei dos programas de TV, do Chacrinha. Todo mundo parava para ver, desde garis a domésticas, mães, famílias inteiras. Eu tive a sorte de estar no lugar certo com a música certa".

Em meio ao turbilhão de fãs que o perseguiam na praia, nas ruas, o casamento com Leda sobreviveu firme e forte. "Ela não tinha ciúmes. Levou tudo com muita serenidade e é por isso que a amo. É difícil levar a família nessa viagem de loucura que é o sucesso. Já passamos por muita coisa juntos".

Ritchie chegou até a participar de um filme com Mick Jagger, o hilário "Running Out of Luck" (1987). Na história, o stone era seqüestrado por um bando de travestis no Brasil. O agente dele, interpretado por Dennis Hopper, resolveu colocar um outro astro do rock em seu lugar. "E esse astro era eu! (risos) Teve uma cena em que as fãs ignoravam o Mick Jagger e vinham me agarrar", relembra Ritchie, que no filme aparece de gel new wave purpurinado no cabelo. "Not guilty!", brinca ele, eximindo-se da culpa.

. Assista ao clipe de "A vida tem dessas coisas"

Menina Veneno virou nerd

Com sete discos lançados, Ritchie voltou a ganhar notoriedade nos anos 2000, com a volta do interesse pelos astros dos anos 80. Seu sucesso mais recente foi a música "Fala", regravação em homenagem aos Secos e Molhados, que virou tema de José Mayer em "A Favorita".

Ampliar FotoReprodução /Reprodução

Ritchie é fã de twitter

Em julho deste ano, o cantor vai lançar CD, DVD e Blu-Ray (formato em altíssima definição) comemorando seus 25 anos de carreira. "São hits antigos e novidades, todos com arranjos atuais. O produtor, Carlos de Andrade, é o mesmo que me acompanhou no início da minha carreira. Considero estar fechando um ciclo", diz Ritchie. O projeto é o primeiro trabalho independente em Blu-Ray feito por um artista solo no Brasil.

Ritchie também está antenado com as novas tecnologias. Ele tem site, blog e até perfil no twittter. "Tenho twitter há um mês (@Ritchieguy) e estou viciado. Compartilho as fases do projeto com os fãs. Ontem perguntei aos meus 'followers' qual foi a primeira vez que cada um ouviu 'Menina Veneno' e me impressionei com as respostas. As pessoas lembram de detalhes, o que estavam fazendo naquele momento. Como um bom perfume que fica no ar e gera lembranças".

. Visite o site oficial de Ritchie




Vôo de Coração
Ritchie

No canto da sala o seu holograma você parece sorrir
Você me pisca o olho, você me manda um beijo
Parece estar mesmo aqui
Mas eu só, no apartamento, escrevendo
Memórias no velho computador
Nas asas do tempo, vertigem do momento
Vôo de coração, meu amor
Um mistério e um sorriso vão revelar
As histórias que um belo dia
Contarão o nosso momento, nesse apartamento
Vôo de coração, meu amor, vôo de coração
Mas eu só, no apartamento, escrevendo
Memórias no velho computador
Nas ondas do tempo, vertigem do momento
Vôo de coração, meu amor
Vôo de coração, meu amor (x 3)





Menina Veneno
Ritchie
Meia noite no meu quarto
Ela vai subir
Ouço passos na escada
Vejo a porta abrir
Um abajur cor de carne
Um lençol azul
Cortinas de seda
O seu corpo nú...
Menina Veneno
O mundo é pequeno
Demais prá nós dois
Em toda cama que eu durmo
Só dá você, só dá você
Só dá você!
Yeh! Yeh! Yeh! Yeh!...
Seus olhos verdes
No espelho
Brilham para mim
Seu corpo inteiro
É um prazer
Do princípio ao sim...
Sozinho no meu quarto
Eu acordo sem você
Fico falando pr'as paredes
Até anoitecer...
Menina Veneno
Você tem um jeito
Sereno de ser
E toda noite
No meu quarto
Vem me entorpecer
Me entorpecer!
Me entorpecer!
Yeh! Yeh! Yeh! Yeh!...
Menina Veneno
O mundo é pequeno
Demais prá nós dois
Em toda cama que eu durmo
Só dá você, só dá você
Só dá você!
Yeh! Yeh! Yeh! Yeh!...
Meia noite no meu quarto
Ela vai surgir
Eu ouço passos na escada
Eu vejo a porta abrir..
Você vem não sei de onde
Eu sei, vem me amar
Eu nem sei qual o seu nome
Mas nem preciso chamar...
Menina veneno
Você tem um jeito
Sereno de ser
E toda noite
No meu quarto
Vem me entorpecer
Me entorpecer!
Me entorpecer!
Yeh! Yeh! Yeh! Yeh!...
Menina Veneno!
Menina Veneno!
Yeh! Yeh!...(7x)


Transas
Ritchie
Tanto tempo faz que a gente transa
E não se conversou
Tanto vício, tanta fuga pra saber
Se é amor
Sei que você pensa que passa e vai
Só transas
Faz de conta que não se quer mais
É transa e tanto faz
Quando se quer mais
A gente diz "bye-bye"
A gente quer mais
E finge que satisfaz
É moderno, é certo, sei que muitos querem
Essa forma de amor
Se chega perto, é certo, sem paixão
Mas também sem dor
A gente pensa que isso passa e vai
Só transas
Faz de conta que não se ama mais
É transa e tanto faz
E quando se quer mais
A gente diz "bye-bye"
A gente quer mais
E finge que satisfaz
A gente pensa que isso passa e vai
Só transas
Faz de conta que não se ama mais
É transa e tanto faz
E quando se quer mais
A gente diz "bye-bye"
A gente quer mais, mais, mais, mais
E finge que satisfaz
Quando se quer mais
A gente diz "bye-bye, baby, bye-bye"
Quando se quer mais
E finge que satisfaz
A gente quer mais