Páginas

sexta-feira, 2 de março de 2012

PARA CHERA E SILVIA! BOA VIAGEM!

Sailing
Rod Stewart



I am sailing, I am sailing
Home again across the sea.
I am sailing, stormy waters
To be near you, to be free

I am flying, I am flying,
Like a bird across the sky
I am flying, passing high clouds
To be near you, to be free

Can you hear me? Can you hear me?
Through the dark night, far away
I am dying, forever crying
To be with you, who can say?

Can you hear me? Can you hear me?
Through the dark night, far away.
I am dying, forever crying,
To be near you, who can say?

We are sailing, we are sailing,
Home again across the sea.
We are sailing stormy waters,
To be near you, to be free.

Oh Lord, to be near you, to be free.
Oh Lord, to be near you, to be free,
Oh Lord.


Navegando

Eu estou navegando, estou navegando
De volta para casa, através do mar.
Estou navegando sobre águas tempestuosas,
Para estar perto de você, para ser livre.

Eu estou voando, estou voando
Como um pássaro, através do céu.
Estou voando, passando por nuvens altas,
Para estar perto de você, para ser livre

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir?
Através da noite escura, muito distante.
Eu estou morrendo, sempre chorando,
Para estar com você, quem pode dizer?

Você consegue me ouvir? Você consegue me ouvir?
Através da noite escura, muito distante.
Eu estou morrendo, sempre chorando,
Para estar com você, quem pode dizer?

Nós estamos navegando, estamos navegando
De volta para casa, através do mar.
Estamos navegando sobre águas tempestuosas,
Para estar com você, para ser livre.

Oh, Senhor, para estar perto de você, para ser livre.
Oh, Senhor, para estar perto de você, para ser livre.
Oh, Senhor...






Sailing
Well, it's not far down to paradise, at least it's not for me
And if the wind is right you can sail away and find tranquility
Oh, the canvas can do miracles, just you wait and see
Baby believe me

It's not far to never-never land, no reason to pretend
And if the wind is right you can find the joy of innocence again
Oh, the canvas can do miracles, just you wait and see
Baby believe me

Chorus:
Sailing takes me away to where i've always heard it could be
Just a dream and the wind to carry me
And soon i will be free

Fantasy, it gets the best of me
When i'm sailing
All caught up in the reverie, every word is a symphony
Won't you believe me?

Chorus

Well it's not far back to sanity, at least it's not for me
And if the wind is right you can sail away and find serenity
Oh, the canvas can do miracles, just you wait and see
Baby believe me

Chorus

Navegar
Bem, não é muito distante até o paraíso, pelo menos, não para mim
E se o vento estiver bom você poderá navegar por aí e encontrar a tranquilidade
Oh, as velas podem fazer milagres, apenas espere e verá
Baby acredite em mim.

Não está muito longe da terra do nunca, não há razão para fingir
E se o vento estiver bom você poderá encontrar a alegria da inocência novamente
Oh, as velas podem fazer milagres, apenas espere e verá
Baby acredite em mim.

Refrão:
Navegar me leva para onde eu sempre ouvi que poderia estar
Apenas um sonho e o vento me levar
E logo eu serei livre.

Fantasia, que consegue o melhor de mim
Quando eu estou navegando
Preso em um devaneio, cada palavra é uma sinfonia
Você não vai acreditar em mim?

Refrão

Bem, não estamos longe da sanidade, pelo menos não para mim
E se o vento estiver bom você poderá navegar avante e encontrar serenidade
Oh, as velas podem fazer milagres, apenas espere e verá
Baby acredite em mim.

Refrão

Nenhum comentário: