Páginas

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

DAS ANTIGAS,AS MELHORES

Nairê
Chiclete Com Banana

Na mistura da cor
Tabuleiro de dama
No gingado nagô
Chiclete!!!
Bota lenha no fogo
E não deixa apagar
Segura essa onda,
Se cair vai quebrar
Ô nairê,
Ô nanairô
Ô nairê,
Ô nanairô
Tu tem feitiço,Ipanema
No sol que nos queima
Sacode,
Bumba-meu-boi
Ô nairê,
Ô nanairô
Ô nairê,
Ô nanairô
Tu tem o brilho da fêmea morena
Tempero de cor
Fluir desse amor



Maluquete
Chiclete Com Banana

A maluquete tá querendo deboche
Deboche, maluquete deboche (bis)
Jogando o corpo prá lá
Jogando o corpo pra cá
Hum...hum...hum...
Remexendo o bum-bum
Beija ela pra ver
Se ela quer mexer
Se ela quer prazer
Ela quer fazer amor em Alagoinhas
E andou fazendo a cabeça lá em Serrinha
Ela ficou coisa fina em Jacobina
Cuidado garota que nesse barato você se alucina
Ela é fruto maduro em Porto Seguro
Cravo, canela e mel no sol de Ilhéus
Ela prepara armadilha no sul da ilha
E todo verão no Farol da Barra só ela que brilha.

Nenhum comentário: