Páginas

sábado, 4 de junho de 2011

DIA DOS NAMORADOS DO "LETRAS QUE MARCAM"



É mês dos namorados e não poderia ser mais oportuno o momento de pedir paz pelo amor,pelo carinho,pelo afeto,pelo respeito e cumplicidade entre as pessoas,povos e países em geral.Pelo bem da humanidade beijar é bom demais,afagos,dengos e conversas ao pé do ouvido.Amar é para todo dia,é bem diferente da efemeridade do "ficar", do"pegar"é algo mais profundo.Casados,Namorados,Comcubinados,Enrolados servem de modelo para o apertar de mãos entre inimigos,entre amigos "de mal", entre pais e filhos, entre colegas de trabalho e de esporte,entre adversários políticos e intolerantes entre si,enfim namorar é todo dia,mas a data brasileira de 12 de Junho é para servir de reflexão para um mundo melhor com menos apego,com mais liberdade, com mais amor próprio e menos posse,com mais fé e menos desconfiança em si,no outro e em Deus.

Os especialistas de plantão falam muito de relacionamentos mas muitas vezes pouco vivenciam na sua essência, honestidade, entrega e abnegação.Sim, trata-se de abrir mão também, de silenciar na hora certa, de não revidar com a mesma moeda e sim com a moeda do carinho e da pacificação. Relacionar-se é se ajustar,se lapidar, se melhorar e enfrentar as próprias sombras admitindo que precisa melhorar sempre. Quando o saudoso Jonh Lennon pregou o "faça amor,não faça guerra" com aquela inesquecível foto dele com Yoko Ono na cama após ficar dias, ele não estava se referindo apenas ao sexo canalizado no seu sentido mais primário mas principalmente na eflorescência da energia genésica inspiradora e criativa no amor na sua sublimação. Que diferenças fossem respeitadas entre os povos, que se fizesse a vida e não a morte brutal e cruel.

O mundo precisa aprender a amar. Não sabemos ainda. E graças a Dias como este que,mais do que briga por reservas de restaurante,filas em motéis,guerras pelo melhor presente nos shoppings lotados e flores de plástico que não morrem(Titãs) artificiais na essência e não na forma naturais, o dia é para se estender a todos do ano,após ano e que seja eterno enquanto dure (Vinicius) e não malícias que mudam o verbo "durar". Sempre disse a mim mesmo que a verdadeira beleza é aquela que vem de dentro e é eterna até quando acorda de manhã(são raros os casos)e por esse aspecto mas não só por ele,sou muito feliz porque eu e ela nos lapidamos todo dia nossos corações de diamante(mesmo que seja no lodo(Ermance Dufaux) ou fora dele). Tem que se ter coragem para amar,pois amar não é para covardes é para os fortes(Mônica de Castro/Espírito Leonel).

Este mês é dedicado a todos que tem coragem de amar e vivenciar isso não é apenas sorrir e ter prazer fugaz, é entender o outro nos momentos mais difíceis,saber perdoar,silenciar,tolerar sem esperar retorno e sem jogar na cara nada que venha machucar e espezinhar.Amar é descobrir a si mesmo tirando as névoas internas do espírito visando o clarão de luz que se aproxima e leva à verdadeira felicidade. Quem quiser dedicar uma letra de música que marcou ou marca envie para meu e-mail trajanomanoel@gmail.com e postarei com o maior amor e carinho.

Já fiz minha singela homenagem a meu grande amor.Agora faltam vocês! Te amo,linda!

Um comentário:

Glórinha disse...

Amor da minha vida, também te amo muito!!!

bjsssssss