Páginas

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

ANTOLÓGICA

Aquela Nuvem
Gilliard
Por: Manoel Andrade/BA


Aquela nuvem que passa lá em cima sou eu
Aquele barco que vai mar afora sou eu
Aquela folha que vaga pelas ruas sou eu
Buscando você

Como eu queria ser
esse sol que lhe queima
essa roupa que cobre o seu corpo
o vento que lhe possui
e essa água que banha você

Só assim eu poderia
me aproximar de você
sem precisa confessar
o que eu tento esconder
e sofro e não é direito
e venho fazendo tudo
pra ninguém saber

Nenhum comentário: