Páginas

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

HOMENAGEM AO GRANDE AMIGO ARIVAL,FÃ DESSE ARTISTA MINEIRO ÍMPAR

De Sombra e de Sol
Flávio Venturini
Composição: Flávio Venturini e Ronaldo Bastos
Por:Manoel Andrade/BA



Olha o céu
Pede pra chover e a gente se molhar
E depois seja benvindo o sol
Nunca mais
Venha mendigar uma ração de amor
Nem o amor vai tirar a paz

Abro os meus olhos devagar
Sinto seu perfume me invadir
Olho pra você e vejo o céu
Quando nosso lábio se tocar
Vai ouvir no rádio alguém cantar
É sobre nós dois essa canção

Olha o céu
Pede que o amor à vida dê razão
De viver a destilar o mel
Olha o céu
Tudo que sonhar vai se tornar real
Nos caminhos de sombra e sol

Abro os meus olhos devagar
Sinto seu perfume me invadir
Olho pra você e vejo o céu
Quando se espalhar na plantação
Olhos que são fonte são calor
Verdes que são meus do meu amor
( refrão )

Se viver for moer o grãos
Celebrar o nascer do sol
Celebrar quando o sol se põe
E a noite vem

Quando nosso lábio se tocar
Vai ouvir no rádio alguém cantar
É sobre nós dois essa canção

Se viver for moer o grãos
Celebrar o nascer do sol
Festejar quando a chuva cai

E traz o sol

Moer os grãos de sol
Tecer manhãs de sol
Brindar cada manhã
O fim da solidão

Guardar os momentos vãos
Celebrar o nascer do sol
Festejar quando a chuva cai
E traz o sol

Se viver for moer o grãos
Celebrar o nascer do sol
Celebrar quando o sol se põe
E a noite vem

Guardar os momentos vãos
Celebrar o nascer do sol
Festejar quando a chuva cai
E traz o sol

Nenhum comentário: