Páginas

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ 2010

Aos seguidores deste Blog,aos amigos,aos familiares,aos associados do Grupo Irmãos de Luz,aos Voluntários da CEIA e a todos os visitantes de sempre,meu muito obrigado pela Confiança,Divulgação e Companheirismo.




Feliz Réveillon com Deus
(por Kau Mascarenhas)

O que ficará depois que as luzinhas multicoloridas das árvores se apagarem, e no veludo escuro do céu não houver mais fogos de artifício ?
E quando não houver mais peru, champagne e rabanadas?
O que restará após cumprimentos, abraços, desejos sinceros - e outros nem tanto – de felicidade para o ano que começa?
O que virá depois dos preceitos e das superstições divertidas, das sete ondas puladas, das lentilhas salpicadas nos cantos da casa e das roupas brancas?
Sim, fica você e Ele.
Você, a pessoa mais importante da sua vida, e Ele, o criador e dono da sua vida.
Virá o momento do importante encontro interno, instante de reflexão, agradecimento e pedidos. Não necessariamente nessa ordem...
Cada um terá a sua própria forma de fazer esse encontro acontecer no início do ano que começa. Uma festa interna.
Uns vão orar enquanto caminham na praia, e olharão o horizonte com o sol despontando. Outros ainda, mesmo bêbados, sentirão o sol nascer dentro do peito, fazendo nascer um novo ciclo de vida.
Somos humanos, e como humanos, somos seres cíclicos.
A data que marca o fechamento de uma fase e início de outra pode ser apenas uma tola abstração.
“- Bobagem. Qualquer dia é dia para se fazer mudar o que se quer mudar.”
Entretanto, pode representar um estímulo a mais para viver de forma diferente e iniciar uma estrada nova de paz, felicidade, harmonia e sucesso.
Cada um de nós tem o direito de ritualizar esse momento de passagem, da sua própria forma, do seu próprio jeito.
E esse encontro entre você e Ele pode marcar esse portal, fazendo dele um instante tão importante.
No templo verdadeiro e imortal da sua alma converse com Deus. Faça como aquele que recebe um bom amigo em casa para expor idéias e pedir opiniões. Fale sobre sua vida, sobre aquilo que o ano velho lhe trouxe e que você não gostou, e exponha na mesa as suas cartas, de maneira sincera, observando as atitudes que tomou e que não foram as mais felizes.
Isso é reflexão.
Diante do Senhor, feito amigo, companheiro, agradeça pelas bênçãos e vibre com o que chegou. Nem sempre Ele enviou o seu pedido com a embalagem que você queria.
“Pedi crescimento e segurança profissional, e recebi uma dificuldade”; “pedi paz em meu casamento e recebi discussões freqüentes.”
Agradeça mesmo assim. Deus tem uma forma curiosa de atender nossas preces, muitas vezes vestindo um benefício com o disfarce da adversidade. E só o tempo - outro bom amigo – é quem acaba nos ajudando a fazer essa máscara cair, revelando a bênção ali escondida. Perceber que recebemos, o tempo todo, os presentes da Fonte Eterna de Amor só é algo possível para quem tem maturidade psíquica.
Esse é o momento da gratidão.
E por fim, aproveite o encontro com Ele para pedir.
Jesus, nosso grande e amoroso Mestre, nos dizia “Pedi e obtereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á.”
Será que chegarão nossos presentes se não tivermos a humildade de pedir? Que façamos como as crianças... Elas pedem.
Será que acharemos sem buscar? Mais uma vez, sigamos o exemplo dos pequeninos que, curiosos, querem encontrar aquilo que lhes falta. As crianças buscam.
Será que as portas se abrem se não batermos? Ah, mais uma vez, as crianças... Que sejamos como elas e batamos as mãos em todas as portas que se mostrem fechadas, pois não há porta que permaneça assim para um menino ou menina que queira entrar. As crianças não se conformam com o “não” de uma porta fechada.
No encontro com Ele, aí dentro da sua alma, sinta-se criança mais uma vez.
Peça, busque e bata à porta.
Limpe o que tiver que limpar, recicle, liberte, e liberte-se de tudo o que já não serve mais, incluindo as mágoas e culpas. Só deixe espaço para o que for bom.
Em seu encontro com Deus, quando o sol do novo ano nascer, abra os olhos para a mais linda realidade: você continua aqui. Ele continua acreditando em você e mantém você aqui.
Garrafas de vinho secarão. Os fogos explodindo no céu serão apenas uma lembrança, bem como a música alta, os abraços, os brindes...
Mas o seu encontro com Ele é a festa que pode permanecer.
Pois Ele quer que seu coração esteja em festa durante os 365 dias do ano que agora começa.
A palavra entusiasmo vem daí: en – Theos / Deus dentro.
Feliz Ano Novo. E feliz réveillon com Deus.

(Kau Mascarenhas é escritor, autor do livro Mudando para Melhor, é conferencista internacional e consultor em Desenvolvimento Humano. É Master Practitioner e Trainer em Programação Neurolinguística)


Texto enviado pela amiga Rosana Uchôa-SOCIEDADE ESPIÍRITA O SEMEADOR/BA



Fim de Ano
João Dias
Composição: Francisco Alves e David Nasser


Adeus ano velho
Feliz Ano Novo
Que tudo se realize
No ano que vai nascer.
Muito dinheiro no bolso
saúde pra dar e vender

Para os solteiros
Sorte no amor
Nenhuma esperança perdida

Para os casados
Nenhuma briga
Paz e sossego na vida

Nenhum comentário: